Luvas para ciclistas

Luvas para ciclistas. Saiba onde colocar as mãos.

Luvas para ciclistas - Modelo dedo curto

A cada ano surgem novas tecnologias e materiais que melhoram as bicicletas, mas não apenas elas, os acessórios e roupas de ciclismo também se beneficiam dessas melhorias, como as luvas por exemplo.

Aquele par de luvas que você herdou do irmão mais velho, ou do primo da cunhada de sua tia avó já não atende mais as expectativas. Está na hora de troca-las. A enorme gama de produtos ergonômicos transformaram simples equipamentos de proteção em produtos de performance que realmente fazem a diferença na trilha, na estrada, naquela corrida longa e exaustiva também. Hoje em dia existem luvas específicas para várias modalidades e adequadas ao tipo de uso que fará delas.

De modelos extra ventilados e flexíveis, aos modelos super forrados e confortáveis, encontramos também aqueles com camadas de gel e neoprene para maior amortecimento (para provas longas por exemplo), couros naturais ou sintéticos com características específicas de ventilação e grip (anti-derrapantes, mesmo usando em manoplas molhadas), e cortes precisos, a lazer, evitando aquelas dobras e rugas desagradáveis que ficam incomodando durante a pedalada, além de causarem bolhas.

A variedade de modelos é tão grande, que é possível por exemplo, escolher modelos de luvas de acordo com o tipo de terreno (mais liso ou mais irregular) avaliando o fator de amortecimento da luva, se ela tem almofadas nos pontos de maior contato das mãos com as manoplas, ou se uma luva fina bem ventilada traz mais performance em terrenos ou pistas mais lisos, onde se anda mais rápido.

Almofadas na palma da luva, com cápsulas de gel e neoprene para melhorar o conforto da mão em contato com manopla.

Almofadas na palma da luva, com cápsulas de gel e neoprene para melhorar o conforto da mão em contato com a manopla.

As luvas podem ser do tipo abertas (conhecidas como dedos curtos), ou fechadas, com cobertura total dos dedos. Proteções anti desgaste são colocadas nos pontos de maior contato com a bike e detalhes como nervuras de proteção que ficam salientes (proteção para os dedos e área superior das mãos em caso de tombos) são importantíssimas para praticantes do downhill por exemplo.

Proteção nas partes com maior contato

Alguns modelos possuem reforços em áreas como a da foto, onde o desgaste e contato são maiores.

Alguns modelos de luvas para ciclistas tem as pontas dos dedos em silicone (grip) para maior aderência nas manetes e trocadores de marchas e também na área da primeira articulação dos dedos (parte de cima das mãos) como proteção e reforço.

Luvas para ciclistas img_luvas com dedos velcro

Materiais térmicos, fechos com elástico ou velcro e puxadores entre os dedos para facilitar a retirada das luvas são aspectos a serem observados na hora da compra, afinal, todos os recursos que podem afetar o desempenho do ciclista devem ser considerados, embora sempre buscamos conforto ou um desenho bonito. Ah, e nunca se esqueça de experimentar as luvas para não comprar as com tamanho errado, assim como as roupas, os tamanhos podem variar um pouco entre os fabricantes.

Luvas para ciclistas - Puxadores entre os dedos

Algumas luvas possuem esse recurso das alças entre os dedos, simples, mas que facilita muito a retirada das luvas.

<a href="https://pedaleria.com/autor/educapivara/" target="_self">Edu Capivara</a>

Edu Capivara

Edu Capivara é Delegado Internacional do Biketrial no Brasil desde 1991 e introdutor do esporte em meados da década de 80. É amigo pessoal de Pedro Pi, o inventor do Biketrial e de toda a cúpula da BIU (Biketrial International Union) . Profundo conhecedor do mundo da bike, começou suas aventuras em modalidades como o BMX e o Mountain Bike no início desses esportes no Brasil. Já participou de campeonatos mundiais de biketrial pelo mundo todo, inclusive do primeiro, em 1986 na Europa.

Veja mais

Crescendo no ciclismo com saúde

Crescendo no ciclismo com saúde

Muitos ciclistas querem criar uma rotina de treinos visando participar de competições, mas fazer isso sem orientação acaba levado esse ciclista a outro tipo de rotina, vários dias se recuperando das lesões causadas pelos excessos. Seja um ciclista amador, ocasional,...

Porta objetos para bike

Porta objetos para bike

Existem vários tipos de bolsas para quadro, mas também dá pra fazer modelos personalizados Quando repaginamos a Monark Barra Circular,  eu fiz um porta objetos redondo porque combina com o desenho da bike, agora eu quero propor outros modelos, para quadros...

Repaginamos a Monark Barra Circular

A Barra Circular é uma bike clássica, pau pra toda obra mas que merece um upgrade para virar bike conceito No passado, as bicicletas eram modelos únicos, tinha a masculina e a feminina, e eram usadas para tudo, serviam para o transporte, lazer e competição. Com o...

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cadastre-se em nossa Newsletter