Suspensão com molas – manutenção fácil

Veja o passo a passo da manutenção da suspensão básica

As suspensões básicas equipam a maioria das MTB daqui e do resto do mundo, e existem muitas marcas e modelos, mas o funcionamento e os componentes são praticamente os mesmos pra todas elas.

img_Manutencao_Suspensao_Basica_15

A manutenção é necessária para qualquer tipo de suspensão, ela durar mais e funciona melhor.

Elas pode ter as canelas em ferro ou alumínio, ter 1 ou 2 molas, e até a combinação molas e elastômeros, que são aqueles cilindros de poliuretano, e se a manutenção não for feita, elas podem funcionar mal e até travarem encolhidas.

img_Manutencao_Suspensao_Basica_16

Componentes internos de suspensões básicas com mola ou elastômero.

Quando a suspensão começa sujar na base da haste, soltando uma graxa preta ou óleo, está na hora de desmontar pra ver como ela está por dentro, o problema é que a maioria delas não tem peças de reposição no Brasil, e muitas vezes eles estão com as buchas e retentores gastos e acabam indo pro lixo, mas dá pra aumentar a vida útil delas se a lubrificação estiver em ordem.

img_Manutencao_Suspensao_Basica_17

Pra facilitar o serviço, tire a suspensão do quadro, e para isso você precisa apenas da chave allen 5, tire a roda, e se o freio dianteiro a cabo, ele pode ficar, é só soltar o cabo na manete.

img_Manutencao_Suspensao_Basica_01

Conjuntos Aheadset (avanço, garfo e caixa de direção), facilitam a desmontagem, só é necessária uma chave Allen 5mm.

O primeiro passo é soltar as tampas superiores, em alguns modelos elas são de encaixe, é só puxar, mas quando tem ajuste de preload – ajuste de compressão da mola, as tampas são rosqueadas. Vamos solta-las com um soquete para chave catraca, mas pode ser uma chave fixa ou chave inglesa. Alguns modelos tem apenas uma mola.

img_Manutencao_Suspensao_Basica_02

Em alguns modelos as tampas são de encaixe, em outros, são rosqueadas.

img_Manutencao_Suspensao_Basica_04

img_Manutencao_Suspensao_Basica_02A

A parte mais difícil é sem dúvida soltar as canelas da haste, dependendo do modelo, é só soltar os parafusos allen na parte de baixo das canelas, mas existem modelos com parafusos por dentro, ou ainda mais difícil, são por dentro e por fora,  sendo necessário utilizar 2 chaves allen, e uma delas é bem longa.

img_Manutencao_Suspensao_Basica_03

img_Manutencao_Suspensao_Basica_03A

img_Manutencao_Suspensao_Basica_05

Para alcançar o parafuso interno, a chave Allen deve ter quase 30cm de comprimento.

Com tudo solto, dá pra avaliar o estado das peças, limpar tudo fazer a lubrificação. Se o seu modelo de suspensão tem molas e elastômeros, você só pode usar graxa sintética, a graxa comum deteriora o elastômero, se forem apenas molas, pode usar uma graxa comum para rolamentos, a graxa fina para bicicletas não deve ser usada aqui.

img_Manutencao_Suspensao_Basica_09

A graxa 100% sintética (Military Grease), é a indicada quando a suspensão tem elastômeros. Para suspensões que possuem apenas molas, use graxa para rolamentos.

Limpe tudo, lubrifique as molas e as buchas deslizantes, e para não ficas saindo graxa pelos retentores superiores, sujando o curso das hastes, aplique apenas um pouco de micro-óleo, e repita essa aplicação toda vez que você lavar a bike.

img_Manutencao_Suspensao_Basica_10

Aplicando graxa em todas as partes, você evita ferrugem, mas a parte principal são as buchas deslizantes no interior das canelas.

img_Manutencao_Suspensao_Basica_08

Agora a montagem, primeiro as molas e pinos do batente de retorno, na sequência encaixe as hastes dentro das canelas, colocando os parafusos externos na base das canelas.

img_Manutencao_Suspensao_Basica_07

img_Manutencao_Suspensao_Basica_11

Inicia a montagem pelo Crown, colocando as finas hastes internas com molas de retorno.

Os parafusos da base das canelas são de segurança, pintados com tinta azul, então cole eles com trava rosca, se for usar tinta esmalte ou esmalte de unha, espere secar antes de coloca-los.  Na sequência recoloque a mola, e as tampas.

img_Manutencao_Suspensao_Basica_13

img_Manutencao_Suspensao_Basica_14

Se houver diferença nas peças de um lado e do outro, anote ou fotografe para você não se confundir na montagem!
Agora é só recolocar a suspensão na bike, e curtir seu funcionamento macio e silencioso.

Bom Pedal!

<a href="https://pedaleria.com/autor/educapivara/" target="_self">Edu Capivara</a>

Edu Capivara

Edu Capivara é Delegado Internacional do Biketrial no Brasil desde 1991 e introdutor do esporte em meados da década de 80. É amigo pessoal de Pedro Pi, o inventor do Biketrial e de toda a cúpula da BIU (Biketrial International Union) . Profundo conhecedor do mundo da bike, começou suas aventuras em modalidades como o BMX e o Mountain Bike no início desses esportes no Brasil. Já participou de campeonatos mundiais de biketrial pelo mundo todo, inclusive do primeiro, em 1986 na Europa.

Veja mais

Lubrificação das alavancas Rapidfire

Lubrificação das alavancas Rapidfire

Hoje as alavancas Rapidfire utilizam mecanismos simples, e a manutenção é fácil de fazer. A alavanca de mudanças Rapidfire surgiu em 1990, substituindo o thumbshifter, uma alavanca que fica em cima do guidão, e obriga o ciclista a soltar a manopla pra fazer as...

Como tirar a pista do garfo?

Como tirar a pista do garfo?

Saiba como tirar a pista ou cônico dos garfos. A pista inferior da caixa de direção é uma peça que fica bem presa na espiga do garfo, e pode ser bem difícil tirar ela sem as ferramentas adequadas. Alguns ciclistas querem trocar a suspensão da bike em casa, ou tirar o...

Protetor de quadro na área da corrente

Protetor de quadro na área da corrente

Com as pancadas da corrente, a pintura fica descascada Você já reparou que na MTB ou urbana com marchas a corrente bate muito no chainstay? Cada vez que a bike passa por um buraco na rua isso acontece, nas trilha então, bate sem parar, e em pouco tempo a pintura está...

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cadastre-se em nossa Newsletter