Melhorando uma bicicleta infantil

A maioria dos ciclista pedala bicicletas em bom estado, reguladas e precisas, mas essa realidade muitas vezes não atinge os ciclistas mirins e a bicicleta infantil, a criançada que pedala em suas casas, seus bairros, parques e ruas Brasil afora. Muito longe do ideal ou aceitável, muitas destas bicicletas seriam inapropriadas até para adultos, não pelo tamanho, mas pela dificuldade de usar os freios, as marchas e por aí vai, e muitas vezes a falta de observação a estes detalhes é dos pais.

img_Pedaleria_Bike_Infantil_07

Os pais ou responsáveis devem ficar de olho nos seus ciclistas mirins, oferecendo bons recursos para diversão e aprendizado sem colocá-los em risco.

Toda criança curte uma bicicleta, acho que é o desejo mais comum da infância, mas se seu filho, filha, neto, sobrinho, etc, não dá bola pra magrela, observe, pode ter coisa erra com a bike.

As bicicletas infantis de passeio fabricadas no Brasil ainda deixam a desejar, se comparadas com as importadas oferecidas pelas grandes marcas, onde detalhes como manetes de freio, tamanho do braço do pedivela, e molas dos freios são dimensionados adequadamente, facilitando o uso e até o aprendizado das crianças.

img_Pedaleria_Bike_Infantil_04

Se as manetes de freio tem acionamento duro ou estão fora do alcance das mãos da criança, ela não se sentirá segura para usar a bicicleta.

O cuidado com alguns detalhes podem ajudar e até dar uma sobre-vida a bicicleta, recentemente trocamos a manetes, cabos e conduites de freio de uma cross aro 20”, ajustando também a aproximação da manete com relação a manopla, facilitando o alcance da criança, que é claro, tem dedos mais curtos que um adulto. Desta vez, a melhoria foi em um modelo feminino aro 16”, que tinha vários problemas, mas o que chamou mesmo nossa atenção foi a dilatação das bordas das rodas de nylon, que ao encher os pneus se expandiam e pegavam nas sapatas de freio, sendo necessário soltar o cabo de freio ou andar de pneu murchos para que as rodas girassem. A solução foi a troca por um novo par  de rodas, com aros de alumínio e raios tradicionais.

img_Pedaleria_Bike_Infantil_06

Neste modelo, ao encher os pneus, as paredes das rodas expandem e travam nas sapatas de freio.

img_Pedaleria_Bike_Infantil_01

Com menos de 100 Reais trocamos as rodas, as manetes, as manoplas  e cabos de freio, mudando o comportamento da bicicleta.

Outros detalhes importantes como peças pontiagudas, caixa de direção solta, canote de selim fora altura ideal, corrente frouxa ou esticada demais e cabos de freio desfiados podem oferecer riscos as crianças e devem ser supervisionados periodicamente.

img_Pedaleria_Bike_Infantil_05

Cabos de freio desfiados ou sem proteção podem causar ferimentos e queda da criança, verifique este item regularmente.

Faça sua boa ação da semana, se você encontrar bicicletas infantis com estas carcterísticas, aconselhe o responsável a corrigir o que estiver errado, quem sabe você ajuda no desenvolvimento de um futuro atleta do ciclismo brasileiro, pois é de pequeno que se toma gosto pela coisa.

Bom pedal!

<a href="https://pedaleria.com/autor/educapivara/" target="_self">Edu Capivara</a>

Edu Capivara

Edu Capivara é Delegado Internacional do Biketrial no Brasil desde 1991 e introdutor do esporte em meados da década de 80. É amigo pessoal de Pedro Pi, o inventor do Biketrial e de toda a cúpula da BIU (Biketrial International Union) . Profundo conhecedor do mundo da bike, começou suas aventuras em modalidades como o BMX e o Mountain Bike no início desses esportes no Brasil. Já participou de campeonatos mundiais de biketrial pelo mundo todo, inclusive do primeiro, em 1986 na Europa.

Veja mais

Crescendo no ciclismo com saúde

Crescendo no ciclismo com saúde

Muitos ciclistas querem criar uma rotina de treinos visando participar de competições, mas fazer isso sem orientação acaba levado esse ciclista a outro tipo de rotina, vários dias se recuperando das lesões causadas pelos excessos. Seja um ciclista amador, ocasional,...

Porta objetos para bike

Porta objetos para bike

Existem vários tipos de bolsas para quadro, mas também dá pra fazer modelos personalizados Quando repaginamos a Monark Barra Circular,  eu fiz um porta objetos redondo porque combina com o desenho da bike, agora eu quero propor outros modelos, para quadros...

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cadastre-se em nossa Newsletter