Móbile reciclado com peças de bike

Quem gosta de bicicleta seguramente irá gostar desse móbile tipo sino de vento, ele é feito com peças de bike. Essas peças usadas você pode ter em casa ou conseguir nas oficinas do seu bairro.

Mobile de peças de bike Mobile de peças de bike

O que é preciso?

Para montar um desses você vai precisar de uma peça maior, como uma coroa, engrenagem grande ou um disco de freio para iniciar o trabalho. Consiga também um cassete (aquele conjunto de engrenagens que vai encaixado no cubo traseiro), ele pode ser de road bike, mas de mountain bike é melhor, pois os cogs (discos) são maiores.

Mobile de peças de bike - Materiais necessários

Aqui você vê os materiais e ferramentas para montar o seu móbile.

Fios de nylon ou linhas metálicas de pesca e seus terminais para arremate (pequeno tubo por onde passa o fio de pesca) serão necessários para juntar tudo. Você pode usar niples de aço ou de alumínio se preferir. Um pouco de arame e outras peças plásticas como tampas de garrafas podem ser necessárias para formar um suporte bem elaborado.

Monte o móbile pendurado desde o início, isso facilita determinar o comprimento de cada fio, a altura que cada disco irá ficar, pois eles precisam se tocar para produzir o som metálico característico dos sinos de vento.

Você pode utilizar cabos de aço de câmbio para fazer a parte de cima, que pode ser mais rígida quanto ao movimento, e pedaços de corrente de bike para o pêndulo central.

Mobile de peças de bike - Meio caminho andado

Aqui pendurei o móbile para conseguir estipular os tamanhos dos fios e a distribuição das engrenagens.

O modelo que vamos usar de exemplo utiliza um cassete MTB (de 11 a 34 dentes), onde o cog maior irá servir de base para saída dos outros cinco discos ao redor e um ao centro.

Para fazer o gancho por onde se pendura o móbile você pode optar por um pronto, comprado em casas de parafusos ou depósito de materiais de construção, ou fazer o seu com arame. Para ter uma peça com aspecto mais uniforme, utilize por exemplo uma tampa plástica de garrafa para ser o ponto de saída do gancho e das hastes que irão segurar o disco maior. Ela tem que ter pelo menos 3 pontos de partida (furos). Marque a tampa com caneta, distribuindo os pontos de partida e gancho, e fure com broca ou um prego/arame quente. Nesse ponto, o arremate do cabo pode ser o niple de raios amassado para prender o fio. Capriche na instalação de cada haste para que o móbile não fique torto (todas do mesmo tamanho).

Mobile de peças de bike - Furando a tampinha

Marque as furações, no mínimo 3 delas, e furem com uma broca fina ou um prego quente.

Mobile de peças de bike - Tampa superior com as peças

O espaçador das engrenagens (anel preto na foto) pode ser usado para dar um destaque na parte de cima do móbile

Mobile de peças de bike - Tipos de fechamento

Para fazer o arremate com os niples você pode puncionar com um prego, amassar com o alicate ou simplesmente dar um nó no fio de nylon.

Para prender cada haste (fio de nylon, aço ou cabo de câmbio) faça uma volta com um laço aberto, passando as duas partes pelo terminal de fio de pesca ou niple de raios, e amasse para prender.

Mobile de peças de bike img-close-niple

Agora, para fazer a instalação dos discos ao redor da peça maior, distribua cada saída (pelo menos 5) pegando como referência alguma peça ou embalagem com essa quantidade de lados. Eu desenhei um pentágono a mão, cortei e marquei com caneta onde sairá cada fio, portanto, esse móbile terá 5 pingentes ao redor e1 no centro. Repita a operação do laço fixo com niple em todas as peças, em cima e em baixo.

Mobile de peças de bike - Marcando os cinco pontos

Marque com uma caneta os pontos onde você vai prender os fios. Se você não tomar esse cuidado, o móbile pode ficar torto.

Marque com uma caneta os pontos onde você vai prender os fios. Se você não tomar esse cuidado, o móbile pode ficar torto.

Intalando o laço de cada pingente nos furos marcados anteriormente.

Para finalizar, fixe no centro da tampa (por dentro) o 6º fio, que sustentará o pingente central, um pequeno pinhão (o menor) e um pedaço de corrente para dar peso.

Mobile reciclável com peças de bike Mobile reciclável com peças de bike mobile-reciclavel-pecas-bike

Pronto, você criou uma peça bonita, decorativa, que vai bem na sua sala ou oficina, varanda ou escritório, uma peça que prova seu amor pelas magrelas e sua habilidade em aproveitar peças que mesmo usadas, ainda são bonitas.

Ahh, também é um ótimo presente com baixo custo. Peças de bike você encontra a rodo e seu presenteado vai ficar surpreso com o que você fez; aproveite e conte que foi na Pedaleria. rsrsrs

Boa montagem!

img-corrente-catraca img-corrente-estrela

 

<a href="https://pedaleria.com/autor/educapivara/" target="_self">Edu Capivara</a>

Edu Capivara

Edu Capivara é Delegado Internacional do Biketrial no Brasil desde 1991 e introdutor do esporte em meados da década de 80. É amigo pessoal de Pedro Pi, o inventor do Biketrial e de toda a cúpula da BIU (Biketrial International Union) . Profundo conhecedor do mundo da bike, começou suas aventuras em modalidades como o BMX e o Mountain Bike no início desses esportes no Brasil. Já participou de campeonatos mundiais de biketrial pelo mundo todo, inclusive do primeiro, em 1986 na Europa.

Veja mais

Carretinha para aumentar a capacidade de carga da bike

Carretinha para aumentar a capacidade de carga da bike

Como fazer uma carretinha para rebocar com a bicicleta? Por mais que a gente queira usar a bike como meio de transporte, como usamos um carro, temos que respeitar as limitações que ela tem, levar certa quantidade carga é uma delas, e não tem nada de mal nisso, a bike...

img-Montando_Roda_de_Bike_ERD

O ERD é medido de niple a niple na posição indicada no balão.

Montando uma roda do zero

Conheça o passo a passo par montar e alinhar rodas Para montar uma roda do zero você precisa ter em mãos o aro, o cubo, os niples, (uma espécie de porca), e os raios, mas existem raios em várias medidas. Existe uma fórmula matemática para descobrir o tamanho exato dos...

Visitando 3 parques pelas ciclovias de São Paulo

Visitando 3 parques pelas ciclovias de São Paulo

Mesmo para iniciantes, pedalar pela cidade é fácil mas requer atenção aos detalhes. Mesmo sem muita experiência no pedal, é possível visitar alguns parques em São Paulo usando apenas as ciclovias da cidade e a sua bike como meio de transporte, veja como fazer. Boa...

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cadastre-se em nossa Newsletter