Aprendendo pedalar

Balance Walk - Não tente isso em casa

Obviamente você não deve tentar isso em casa. Respeite os limites da bicicleta e do seu corpo.

Como você aprendeu a andar de bicicleta? Na maioria dos casos, aprendemos primeiro a pedalar e depois a equilibrar, que é matéria prima no assunto bicicleta, mas isso deveria ser ao contrário.

Aprendemos pedalar nossas primeiras bicicletas com o auxílio de rodinhas laterais, depois tiramos as rodinhas para aprendermos o equilíbrio, que é bastante prejudicado pelo vício do uso das rodas de apoio, sem falar na perda do equilíbrio nas pedaladas pois o corpo da criança é jogado de um lado para o outro, descontrolando a direção. Não só na bicicleta mas de uma forma geral, as crianças ainda não tem sua coordenação motora completamente desenvolvida, essa habilidade deve ser conquistada através de treinamentos e experiências didáticas e também nas tarefas normais do dia dia.

Primeiro o equilíbrio

As rodas laterais criam dependência e fica ainda mais perigoso quando tiramos apenas uma delas. Ensinar a criança a pedalar sem as rodas de apoio é bastante difícil, podendo ser até traumático para elas pois os tombos são inevitáveis, então o que fazer?

Balance Walk - É confortável e adequada para crianças

Conforto, praticidade e simplicidade para crianças de até 6 anos.

As bicicletas para aprendizado (Balance Walk) “caminhar com equilíbrio”, são ideais para quem está começando. Sem preocupação com pedais, a criança dedica toda sua coordenação motora e equilíbrio na “caminhada” com a bike entre as pernas, controlando a direção com muito mais habilidade e com a vantagem de alcançar rapidamente o chão caso perca o equilíbrio.

Balance Walk

Altura correta do banco, mantendo as pernas da criança mais flexionadas do que de costume. Isso para ela ter mais impulso.

Principalmente na Europa, crianças de 18 meses em diante são encorajadas a dar suas primeiras caminhadas ciclísticas, apresentando resultados muito favoráveis no desenvolvimento das habilidades motoras de uma forma geral, melhorando o equilíbrio dinâmico e estático, coordenação motora para ambos os lados e até o conhecimento sobre seus limites físicos.

Balance Walk

A criança consegue facilmente ficar com os pés próximos ao chão para retomar o equilíbrio ou brecar a bike

Crianças até 6 anos de idade que iniciaram na Balance e já pedalam bicicletas normais ainda brincam e se divertem com a bike sem pedais, como a Julia em nossas fotos.

Descomplicada

Uma bicicleta colorida, que não tem pedais, eixo central, pedivelas e freios é atraente aos olhos das crianças, que desde o primeiro contato montam e saem caminhando de uma forma espontânea e instintiva.

Balance Walk - Regulagem de altura do banco

Detalhe da regulagem de altura do banco, que neste caso não usa braçadeiras.

Pequenos ajustes como altura do selim e até do gudião em alguns casos, deixão o pequeno veículo ainda mais adequado ao peso e altura da criança, que quando necessário, deve apoiar os pés no chão com as pernas dobradas, tendo assim boa extensão das mesmas na hora do impulso. Para andar e parar a criança utiliza os pés com movimentos naturais, sem se procurar com freios e pedais, e em pouco tempo e com impulsos maiores começa a levantar os pés para percorrer distâncias maiores equilibrada.

Balance Walk - Acessório bolsinha

Sobrou até para o Totó de pelúcia dar um passeio nesse test drive.

Materiais

A maioria das Balance Walk são feitas de aço ou de alumínio, mas materiais alternativos como madeira e plástico também são usados para este fim. Dos modelos avaliados pela Pedaleria, a Runna é de madeira (compensado laminado) e não pode tomar chuva. Ela tem aros de 12,5 polegadas, banco regulável e bolsa dianteira para carregar brinquedos e utensílios. É fabricada na Nova Zelândia e montada em Curitiba, tendo valor médio de R$ 450,00.

Balance Walk - Runna

Balance Walk - Campainha Balance Walk - Acessórios como bolsa e campainha

 

Balance Walk - Banco Balance Walk - Bico da câmara

A Balance da Bornia & Cox é feita em aço, em processo artesanal, utiliza rodas prontas e cromadas de 12,5 polegadas, e utiliza peças de bicicletas maiores, como o selim e mesa do gudião. É fabricada em São Paulo em atelier de construção de quadros de MTB e Fixies, com valor de R$ 800,00.

Balance Walk - Bornia & Cox

Balance Walk - Quadro Balance Walk - Frente

 

Balance Walk - Guidão Balance Walk - Rodas

Atualmente feiras e eventos reservam um bom espaço para a garotada experimentar e até competir com esse tipo de bicicleta, onde as pistas são repletas de desafios a serem superados pelos futuros ciclistas que cada vez mais cedo escolhem a bicicleta como esporte e diversão.

Balance Walk - Conforto

Balance Walk

Balance Walk

<a href="https://pedaleria.com/autor/educapivara/" target="_self">Edu Capivara</a>

Edu Capivara

Edu Capivara é Delegado Internacional do Biketrial no Brasil desde 1991 e introdutor do esporte em meados da década de 80. É amigo pessoal de Pedro Pi, o inventor do Biketrial e de toda a cúpula da BIU (Biketrial International Union) . Profundo conhecedor do mundo da bike, começou suas aventuras em modalidades como o BMX e o Mountain Bike no início desses esportes no Brasil. Já participou de campeonatos mundiais de biketrial pelo mundo todo, inclusive do primeiro, em 1986 na Europa.

Veja mais

Crescendo no ciclismo com saúde

Crescendo no ciclismo com saúde

Muitos ciclistas querem criar uma rotina de treinos visando participar de competições, mas fazer isso sem orientação acaba levado esse ciclista a outro tipo de rotina, vários dias se recuperando das lesões causadas pelos excessos. Seja um ciclista amador, ocasional,...

Porta objetos para bike

Porta objetos para bike

Existem vários tipos de bolsas para quadro, mas também dá pra fazer modelos personalizados Quando repaginamos a Monark Barra Circular,  eu fiz um porta objetos redondo porque combina com o desenho da bike, agora eu quero propor outros modelos, para quadros...

Repaginamos a Monark Barra Circular

A Barra Circular é uma bike clássica, pau pra toda obra mas que merece um upgrade para virar bike conceito No passado, as bicicletas eram modelos únicos, tinha a masculina e a feminina, e eram usadas para tudo, serviam para o transporte, lazer e competição. Com o...

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cadastre-se em nossa Newsletter