Ferramenta certa

Não há nada pior do que tentar tirar uma peça da bike usando a ferramenta errada, principalmente se você é dono de uma loja, oficina de bike ou bicicletaria.

É claro que temos que considerar também ciclistas comuns que possuem oficina em casa, colecionadores “usuários”, que tem várias bicicletas, andam e mexem em todas elas, e por aí vai.

Quando usamos uma ferramenta errada para o serviço corremos o risco de estragar não só a peça, mas também a ferramenta, deixando-a inadequada para o uso correto.

Ferramentas para eixo central de bicicletas

É muito decepcionante para o cliente de qualquer serviço ter seu bem estragado por imperícia ou por falta de equipamentos e ferramentas corretas, por isso os lojistas e oficinas especializadas investem em profissionais cada vez mais capacitados, pagando cursos, participando de palestras e lançamentos, transformando o mecânico em um super profissional da área, capaz de resolver qualquer problema que apareça, mas para essa conta fechar, a loja ou oficina tem que estar equipada e bem montada.

Extratores de movimento central de bicicletas

Aqui é possível visualizar as diferenças de tamanho e forma de cada extrator de movimento central.

Tomando como exemplo o movimento central das bicicletas, existem muitas marcas e modelos com diferentes sistemas de encaixe da ferramenta extratora, e quando os mecânicos se deparam com um modelo antigo ou novo demais, ficam sem ação, pois é uma peça muito difícil de instalar ou retirar sem a ferramenta certa.

Sistemas com caixas estriadas em cartucho (ponta quadrada), Isis, Octalink, Fag, SKF, Campagnolo, cada um utiliza um tipo de ferramenta, e poder encontrar todas elas em um conjunto onde a ferramenta principal é um porta extrator multi-funcional, melhor ainda.

Eixo de ponta quadrada

Movimento central cartucho, eixo de ponta quadrada (square).

Movimento central Octalink

Movimento central Octalink (eixo oco).

Movimento central Hollowtech

Movimento central com caixas externas Hollowteck (eixo oco).

Movimento central Isis

Movimento central Isis (eixo oco).

Movimento central Campagnolo

Movimento central Campagnolo, eixo de ponta quadrada (square).

Tampas do movimento central FAG

Tampas de nylon do movimento central Fag, eixo de ponta quadrada (square).

Maleta de ferramentas para bicicleta

O kit de ferramentas em sua maleta de alumínio, xodó do mecânico!

Todos que manuseiam esse tipo de ferramenta tem um medo em comum, deixar a ferramenta escapar e estragar as estrias de encaixe, principalmente em caixas de alumínio e ainda por cima anodizadas (banho químico para tingir alumínio e titânio), deixando uma marca terrível na peça.

Cuidado com a força!

Extratores sem guia interno podem escapar quando aplicamos muita força, e se a peça for em alumínio, pode espanar.

Para evitar esse dano, um dispositivo de encaixe no centro na ferramenta principal dispõe de quatro tipos de rosca para se fixar aos vários eixos centrais das bicicletas, evitando que a ferramenta escape e espane os dentes das caixas ou tampas do movimento central. Para montar os centrais com eixo oco (Octalink e Isis), hastes especiais acompanham o kit, proporcionando firmeza e ótima empunhadura nos manípulos da ferramenta principal, podendo aplicar força sem correr riscos.

Foi desenvolvido também um porta ferramenta com imãs para receber o extrator do movimento central Campagnolo, que é menor se comparado aos outros.

O dispositivo central da ferramenta pode se conectar a vários tipos de eixos, fazendo “ancoragem” para evitar que escape.

O dispositivo central da ferramenta pode se conectar a vários tipos de eixos, fazendo “ancoragem” para evitar que escape.

Hastes de montagem do movimento central

Hastes de montagem para guiam a ferramenta pelo interior dos eixos Isis e Octalink (ocos).

Dois imãs seguram o extrator do cartucho Campagnolo no interior deste porta ferramenta.

Dois imãs seguram o extrator do cartucho Campagnolo no interior deste porta ferramenta.

Conjunto com 10 peças

No conjunto de 10 peças, 5 são extratores, 2 hastes para eixo oco, 1 porta extrator, 1 adaptador de rosca e a ferramenta principal (manípulo).

Acompanhe o passo-a-passo de desmontagem de um movimento central Hollowtech, com caixas externas, utilizando a haste como guia.

Encaixe o extrator na ferramenta.

Encaixe o extrator na ferramenta.

Pressionando o botão central, rosqueie a haste para Hollowteck

Pressionando o botão central, rosqueie a haste para Hollowteck

IMG_Ferramentas_para_Central_12

Encaixe a ferramenta nos rolamentos do central até que o extrator engate nas caixas externas

Encaixe a ferramenta nos rolamentos do central até que o extrator engate nas caixas externas

Solte a caixa observando o sentido correto, lado esquerdo solta com giro anti-horário

Solte a caixa observando o sentido correto, lado esquerdo solta com giro anti-horário

Serviço realizado com cuidado e qualidade, cliente satisfeito e fiel.

Serviço realizado com cuidado e qualidade, cliente satisfeito e fiel.

Para sacar um central cartucho com eixo de ponta quadrada (square), conecte a parte central da ferramenta ao eixo, mantendo a mola pressionada e rosqueie até o fim. Soltando o botão que comprime a mola o extrator se conecta automaticamente aos entalhes da tampa do movimento central. Agora é só desrosquear a peça.

Com o extrator instalado na ferramenta, conecte a parte central na rosca do eixo.

Com o extrator instalado na ferramenta, conecte a parte central na rosca do eixo.

Gire pressionando a mola até estar totalmente rosqueada, agora é só soltar o central.

Gire pressionando a mola até estar totalmente rosqueada, agora é só soltar o central.

Não importa se a bike é sofisticada ou popular, ferramentas adequadas e profissionais treinados fazem toda a diferença na hora da montagem ou manutenção. Escolha com cuidado a oficina que fará a manutenção na sua, ou se equipe para fazer você mesmo, bike diverte até quando está parada!

Bom pedal!

<a href="https://pedaleria.com/autor/educapivara/" target="_self">Edu Capivara</a>

Edu Capivara

Edu Capivara é Delegado Internacional do Biketrial no Brasil desde 1991 e introdutor do esporte em meados da década de 80. É amigo pessoal de Pedro Pi, o inventor do Biketrial e de toda a cúpula da BIU (Biketrial International Union) . Profundo conhecedor do mundo da bike, começou suas aventuras em modalidades como o BMX e o Mountain Bike no início desses esportes no Brasil. Já participou de campeonatos mundiais de biketrial pelo mundo todo, inclusive do primeiro, em 1986 na Europa.

Veja mais

Crescendo no ciclismo com saúde

Crescendo no ciclismo com saúde

Muitos ciclistas querem criar uma rotina de treinos visando participar de competições, mas fazer isso sem orientação acaba levado esse ciclista a outro tipo de rotina, vários dias se recuperando das lesões causadas pelos excessos. Seja um ciclista amador, ocasional,...

Porta objetos para bike

Porta objetos para bike

Existem vários tipos de bolsas para quadro, mas também dá pra fazer modelos personalizados Quando repaginamos a Monark Barra Circular,  eu fiz um porta objetos redondo porque combina com o desenho da bike, agora eu quero propor outros modelos, para quadros...

Repaginamos a Monark Barra Circular

A Barra Circular é uma bike clássica, pau pra toda obra mas que merece um upgrade para virar bike conceito No passado, as bicicletas eram modelos únicos, tinha a masculina e a feminina, e eram usadas para tudo, serviam para o transporte, lazer e competição. Com o...

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cadastre-se em nossa Newsletter