Regulando freios V-brake

Como regular o v-brake?

Os freios V-brake são componentes confiáveis e eficientes quando bem regulados, e dão conta do recado equipando bikes de passeio ou competição. O que diferencia um V-brake de um freio a disco é a velocidade de resposta e a possibilidade de andar com os aros desalinhados. Freios que utilizam sapatas produzidas em compostos a base de borracha, como os V-brakes, tendem a escorregar mais em condições molhadas, já os freios a disco se recuperam mais rápido nessa situação.

Para entender mais profundamente os freios do tipo V-brake, listamos abaixo suas características e opções de regulagens para que ele funcione adequadamente e sem fazer barulho.

img-Regulando_o_V-brake_Partes

Estas são as partes de freio V-brake.

Largura do quadro ou suspensão

Dependendo da largura do quadro, da suspensão dianteira ou do aro, é necessário alterar a posição dos espaçadores do eixo da sapata de freio, para que a sapata alcance o aro sem que os braços do V-brake se fechem muito, fazendo a sapata perder apoio e eficiência. Esses espaçadores podem trabalhar por dentro ou por fora do braço do V-brake pois são de tamanhos diferentes.

O que irá determinar essa montagem será a distância entre os pinos Boss (suporte de freio no quadro ou suspensão), e de acordo com a necessidade, você poderá usar os maiores perto da sapata e os menores por fora, tendo uma visão mais aberta do freio ou mais fechada, invertendo os espaçadores.

img-Regulando_o_V-brake_Ajuste_Sapatas_02

De acordo com a necessidade, os espaçadores planetário podem ser invertidos, posicionando os freios mais abertos ou mais fechados.

Pino Boss

Conhecidos como pinos Boss, esses suportes de freio V-brake, U-brake e Cantlever dos quadros e garfos também possuem uma regularem que pode alterar a sensibilidade da manete de freio, pois interferem diretamente na ação da mola do freio. Principalmente nas bikes mais antigas, esses pinos possuem três furos para encaixe da mola, e quando montanda nos furos superiores teremos um freio mais duro de acionar, se montada nos furos inferiores teremos um freio de acionamento mais suave. Esses pequenos furos são para encaixar a ponta da mola que comanda os movimentos do braço de freio.

img-Regulando_o_V-brake_Boss

Repare nos três pequenos furos de fixação da mola de freio na base do pino Boss, dependendo da escolha o freio pode ficar mais duro ou suave de acionar.

img-Regulando_o_V-brake_Mola

Inclinação da sapata

O sistema de fixação das sapatas de freio trabalha com espaçadores planetários, os seja, eles aceitam trabalhar em diversas inclinações, permitindo ajustes milimétricos, e elas podem ser posicionadas de acordo com a inclinação das paredes laterais do aro e posição ideal de toque no momento da frenagem.

O correto funcionamento desse sistema depende da precisa instalação das sapatas de freio, que devem tocar o aro a partir da ponta da sapata, e ir encostando no aro gradativamente. Se a montagem estiver invertida, tocando primeiro a ponte de trás da sapata, ele irá abrir cada vez mais, freando com dificuldade e produzindo barulho e vibração.

img-Regulando_o_V-brake_Ajuste_Sapatas

Ajuste de cambagem do freio

Na parte inferior dos braços do freio existem pequenos parafusos responsáveis pela pré-carga nas molas, fazendo o papel da múltipla furacão de encaixe do pino Boss, principalmente para pinos com furacão única. Com esses parafusos é possível acertar a inclinação dos braços do V-brake principalmente quando temos posições assimétricas, quando uma sapata fica encostada no aro e outra afastada.

img-Regulando_o_V-brake_Sapatas

Com esta regularem, as sapatas tocam o aro primeiro com as pontas, e na sequência apoiam por completo, eficiente e sem ruídos.

img-Regulando_o_V-brake_Cambgem

Paralelograma

img-Regulando_o_V-brake_Sistemas

Modelos mais sofisticados de V-brake possuem sistema de barras paralelas que deslocam as sapatas de freio em direção ao aro sem mudar sua inclinação (em linha reta). Esse sistema é mais eficiente e menos sujeito a falhas e ruídos mas contém várias peças móveis e buchas sujeitas a desgaste ao longo da sua vida útil, o que não acontece com o sistema V-brake convencional, embora a trajetória das sapatas de freio sejam circulares e um pouco menos eficientes, duram muito mais.

Os freios a disco são uma tendência mundial, mas ninguém pode negar a eficiência e o ótimo custo benefício dos freios V-brake, que irão equipar bicicletas de várias modalidades por muitos anos.

Bom pedal!

Agradecimento a Joytech (V-brake Winzip)

<a href="https://pedaleria.com/autor/educapivara/" target="_self">Edu Capivara</a>

Edu Capivara

Edu Capivara é Delegado Internacional do Biketrial no Brasil desde 1991 e introdutor do esporte em meados da década de 80. É amigo pessoal de Pedro Pi, o inventor do Biketrial e de toda a cúpula da BIU (Biketrial International Union) . Profundo conhecedor do mundo da bike, começou suas aventuras em modalidades como o BMX e o Mountain Bike no início desses esportes no Brasil. Já participou de campeonatos mundiais de biketrial pelo mundo todo, inclusive do primeiro, em 1986 na Europa.

Veja mais

Porta objetos para bike

Porta objetos para bike

Existem vários tipos de bolsas para quadro, mas também dá pra fazer modelos personalizados Quando repaginamos a Monark Barra Circular,  eu fiz um porta objetos redondo porque combina com o desenho da bike, agora eu quero propor outros modelos, para quadros...

Repaginamos a Monark Barra Circular

A Barra Circular é uma bike clássica, pau pra toda obra mas que merece um upgrade para virar bike conceito No passado, as bicicletas eram modelos únicos, tinha a masculina e a feminina, e eram usadas para tudo, serviam para o transporte, lazer e competição. Com o...

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cadastre-se em nossa Newsletter