Que tal montar uma urbana assim?

Para fazer uma urbana personalizada você só precisa de uma MTB 

Quem gosta do MTB como eu, faz trilha ou competição, muitas vezes não quer pedalar uma bike dessas nas ruas, seja por insegurança ou por ser uma bike pra pedalar na terra, com pneus caros, etc, nesse caso é legal ter uma urbana, mas a maioria delas é muito comportada e as legais são muito caras, então eu resolvi montar uma Customizada pra mim.

img-Urbana_Personalizada_07

Uma MTB moderna para trilha ou competição é uma bike cara para rodas na rua, usa pneus que gastam rápido no asfalto, e correm mais risco de roubo.

img-Urbana_Personalizada_08

A maioria das urbanas tem visual muito comportado, e a as especiais são muito caras, por isso, as bikes customizadas começam a ganhar espaço nas ruas.

Essa bike era uma MTB aro 29, com quadro de 19 polegadas, ela tinha 24 marchas com um grupo de entrada, e eu a transformei nessa urbana invocada.

img-Urbana_Personalizada_02

Essa MTB de entrada com 24 marchas e suspensão com molas, foi a base utilizada para a transformação.

Nessa transformação eu substituí a suspensão por um garfo rígido em alumínio, um modelo do Biketrial aro 26. Tá vendo, eu tenho uma bike rebaixada, elas está 8cm mais baixa do que era.
Eu tirei os pneus largos e com cravos, e coloquei os urbanos 700×32, que entram certinho mas rodas aro 29, e tempos depois acabei trocando as rodas básicas por essas da Vzan para XC.

img-Urbana_Personalizada_06

A suspensão de 2.450Kg deu lugar ao garfo de alumínio de 750Gr.

img-Urbana_Personalizada_11

Pneus na medida 700 podem ser usados nas rodas das MTB 29, os aros permitem esse uso a partir da medida 700×28.

img-Urbana_Personalizada_12

Para ter uma bike ainda mais exclusiva, as rodas originais (básicas) foram substituídas por rodas Vzan Everest XC, com raios chatos e freehub em alumínio.

Outra transformação que eu fiz, foi arrancar a transmissão completa, câmbios, alavancas de mudança, cassete, pedivela tripla, e coloquei no lugar uma relação Single Speed, 1 coroa e um pinhão, mas eu mantive o freehub. Como as alavancas de mudança eram integradas com alavancas de freio, foi necessário instalar manetes de freio simples.

img-Urbana_Personalizada_01

Saio o kit completo da transmissão com alavancas de mudança, câmbios, pedivela, cassette e corrente…

img-Urbana_Personalizada_04

…e entra a pedivela single, com apenas uma croa.

img-Urbana_Personalizada_05

Com a retirada das alavancas de mudança, a bike ficou também sem as manetes de freio, pois o modelo era integrado, então foi necessário instalar manetes simples de freio.

Quando ela estava com as rodas originais, freehub de ferro, eu usava um cog normal, fino do cassete da MTB, mas como essas rodas de XC tem freehub de alumínio, eu coloquei outro tipo de cog, que tem essa estrutura de alumínio mais larga, veio de um cassete de Road Bike, assim não há o perigo do cog fino  individual cravar nos entalhes do freehub, que é muito comum acontecer no MTB quando o cassette usa cogs soltos.

img-Urbana_Personalizada_09

Para proteger o freehub de alumínio das rodas de XC contra danos, o cog 21 dentes está montado na spyder de alumínio de um cassette de Road Bike, mudando o fino apoio de 2mm dos cogs para 8mm de largura da spyder.

Os espaçadores individuais em tamanhos diferentes permitem fazer essas montagens, e dá pra colocar o cog na posição que você quiser, fazendo o chainline e tudo.

img-Urbana_Personalizada_03

Para instalar apenas 1 cog no freehub, é necessário colocar espaçadores, e eles permites múltiplas posições para o cog, permitindo fazer o chainline na bike.

Pra esticar a corrente com gancheiras verticais, eu fiz um esticador com um braço de V-brake, quem não viu o vídeo, é esse aqui. http://www.pedaleria.com.br/esticador-corrente/

img-Urbana_Personalizada_13

Com parafusos, 1 roldana de câmbio e 1 braço de V-brake, dá pra fazer um esticador de corrente para bikes com gancheiras verticais.

A pedivela que escolhi foi o modelo pra bike fixa, com coroa de 46 dentes, o cog tem 21 dentes, e a corrente é de BMX. Essa relação anda bem, e foi pensada para o meu bairro, que é alto, tem muitas subidas pra chegar na minha casa.

img-Urbana_Personalizada_10

Com essa transformação, a bike perdeu mais de 5kg, é o peso está abaixo de 11kg. Para montar essa bike, é necessário comprar pneus e câmaras, pedivela single speed, corrente grossa, espaçadores para o freehub e um garfo rígido, e o custo fica entre R$600,00 e R$ 800,00 dependendo da marca do componente.

Essa é a minha urbana, e se você gostou, saiba que dá pra fazer uma nesse estilo com uma MTB aro 26, 27,5 ou 29.

Bom Pedal!

 

<a href="https://pedaleria.com/autor/educapivara/" target="_self">Edu Capivara</a>

Edu Capivara

Edu Capivara é Delegado Internacional do Biketrial no Brasil desde 1991 e introdutor do esporte em meados da década de 80. É amigo pessoal de Pedro Pi, o inventor do Biketrial e de toda a cúpula da BIU (Biketrial International Union) . Profundo conhecedor do mundo da bike, começou suas aventuras em modalidades como o BMX e o Mountain Bike no início desses esportes no Brasil. Já participou de campeonatos mundiais de biketrial pelo mundo todo, inclusive do primeiro, em 1986 na Europa.

Veja mais

Crescendo no ciclismo com saúde

Crescendo no ciclismo com saúde

Muitos ciclistas querem criar uma rotina de treinos visando participar de competições, mas fazer isso sem orientação acaba levado esse ciclista a outro tipo de rotina, vários dias se recuperando das lesões causadas pelos excessos. Seja um ciclista amador, ocasional,...

Porta objetos para bike

Porta objetos para bike

Existem vários tipos de bolsas para quadro, mas também dá pra fazer modelos personalizados Quando repaginamos a Monark Barra Circular,  eu fiz um porta objetos redondo porque combina com o desenho da bike, agora eu quero propor outros modelos, para quadros...

Repaginamos a Monark Barra Circular

A Barra Circular é uma bike clássica, pau pra toda obra mas que merece um upgrade para virar bike conceito No passado, as bicicletas eram modelos únicos, tinha a masculina e a feminina, e eram usadas para tudo, serviam para o transporte, lazer e competição. Com o...

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cadastre-se em nossa Newsletter