Trocando marcha como no carro

Na Pedaleria incentivamos qualquer prática relacionada a mobilidade urbana, mas o carro chefe aqui é a bicicleta, claro! Não dá pra falar de mobilidade e bike sem incluir todo mundo, adulto, criança, jovens e idosos, gente com e sem experiência em tudo que está relacionado a transporte, lazer, diversão e trabalho também. Pensando nesse público tão plural, apresentamos uma solução bem prática, principalmente para os que querem apenas dar suas voltas de final de semana, ir a escola ou clube, academia, ou ir e vir do trabalho sem se preocupar com aquela rotina regrada dos ciclistas mais experientes, pelo prazer da pedalada descomplicada, é assim o sistema Nexus.

Shimano Nexus - Edu Capivara testando na descida

O sistema Nexus surgiu em 1957 no Japão, quando Shozaburo Shimano criou o primeiro sistema de cubo com 3 marchas internas. Hoje, o grupo Nexus possui modelos de 3, 5, 7 e 8 marchas, com alavancas de mudança Revoshift (giratória), várias configurações de freios, incluindo o contra pedal, além do Alfine, mais sofisticado e com 11 marchas, que utiliza o mesmo sistema e pode ser montado com freios V brake ou disco (Center Lock). As alavancas de mudança são Tapfire, similar ao Rapid Fire (botões acionados com os dedos indicador polegar) ou o módulo de trocas eletrônico Di2 (funciona com bateria recarregável) e possui informações em display led, posicionado no guidão.

Shimano Nexus - Detalhe do cubo

Descomplicado

O Nexus é muito fácil de usar, permite ações que nos outros sistemas seria impossível fazer. Digamos que você está pedalando na 8ª marcha (a mais “pesada” no Nexus), e pare no semáforo, pois bem, com a bike parda você troca de marcha sem pedalar, escolhendo uma mais leve já pensando na saída. Igualzinho como você faz num automóvel. É possível trocar de marcha andando, parado, fazendo curva, etc, e não é preciso passar sequencialmente as marchas, escolha a desejada, gire a alavanca e pedale, a marcha escolhida aparece no visor da alavanca de mudança e é bem visível.  Como o sistema é uma caixa de câmbio (inclusive tem embreagem automática) você tem todas essas opções para uma pedalada sem preocupações com marcha cruzada, trocas na hora certa, queda de corrente, estalos e enrosco da corrente, as trocas são suaves e precisas.

Shimano Nexus - Cubo Shimano Nexus - Cubo

Shimano Nexus - Trocador de marcha Shimano Nexus - Cabo no cubo

Robusto

Como o câmbio é embutido e selado, não está sujeito a acidentes que possam desregular ou estragar partes que nos câmbios tradicionais ficam mais vulneráveis. Poeira e água também não entram, o cubo está protegido por um cilindro que dispensa limpeza constante e manutenção com óleos lubrificantes. No uso urbano ele é capaz de rodar até 5 mil quilômetros sem manutenção.

Shimano Nexus - Pedivela

Freios 

Existem várias configurações de freios para o Nexus, modelos originais do projeto como o Roller Brake (freios a rolete), que é suave e tem longa durabilidade, Contra Pedal, um tipo de freio que já foi muito popular e hoje em dia é encontrado nos modelos Beach Bike (bicicletas para usar na praia) e não usa cabos, basta pedalar para trás para acionar o freio. Para uso mais “esportivo” existe o V-brake do Nexus, mas você pode usar o seu caso equipe sua bike com esse cubo.

Shimano Nexus - Freio

No Brasil

O Nexus pode ser encontrado por aqui nas versões Inter 3 (cubo e alavanca de mudança), Inter 5, 7 e 8 com mais componentes como pedivelas e diversos sistemas de freios e alavancas de mudança, e grupo completo para o top de linha Alfine, com 8 e 11 velocidades compatível com MTB e bicicletas de estrada. Leve, sofisticado e com design super atual, possui recursos como freios a disco e suporte eletrônico de mudança de marchas (Di2).

Shimano Nexus - Fazendo curva e trocando de marcha

Shimano Nexus - Testando a bike Shimano Nexus - Testando a bike na descida

A linha Nexus conta também com cubos dianteiros com dínamo, capazes de gerar energia pela rotação da roda, alimentando farol e lanterna traseira sem uso de pilhas ou baterias,muito populares em países onde mobilidade urbana não é fato novo, é modo de vida de toda a população.

Shimano Nexus - Cubo dinamo

Shimano Nexus - Lanterna Shimano Nexus - Farol

 

<a href="https://pedaleria.com/autor/educapivara/" target="_self">Edu Capivara</a>

Edu Capivara

Edu Capivara é Delegado Internacional do Biketrial no Brasil desde 1991 e introdutor do esporte em meados da década de 80. É amigo pessoal de Pedro Pi, o inventor do Biketrial e de toda a cúpula da BIU (Biketrial International Union) . Profundo conhecedor do mundo da bike, começou suas aventuras em modalidades como o BMX e o Mountain Bike no início desses esportes no Brasil. Já participou de campeonatos mundiais de biketrial pelo mundo todo, inclusive do primeiro, em 1986 na Europa.

Veja mais

Porta objetos para bike

Porta objetos para bike

Existem vários tipos de bolsas para quadro, mas também dá pra fazer modelos personalizados Quando repaginamos a Monark Barra Circular,  eu fiz um porta objetos redondo porque combina com o desenho da bike, agora eu quero propor outros modelos, para quadros...

Repaginamos a Monark Barra Circular

A Barra Circular é uma bike clássica, pau pra toda obra mas que merece um upgrade para virar bike conceito No passado, as bicicletas eram modelos únicos, tinha a masculina e a feminina, e eram usadas para tudo, serviam para o transporte, lazer e competição. Com o...

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cadastre-se em nossa Newsletter