Freio de bicicleta, qual usar ?

Freio a disco

FREIO A DISCO vs V-BRAKE

Freio de bicicleta é mais do que moda, é o equipamento essencial para evitar acidentes, para reduzir velocidade quando necessário, etc, mas muita gente trata do assunto como se fosse um item de beleza da bicicleta, fazendo grande esforço e até algumas adaptações para instalar freios a disco na bike que está equipada com o bom e velho V brake. Os freios V brake substituíram os antigos freios cantilever, um sistema semelhante, que utiliza um tipo de triângulo composto por cabos, para puxar o sistema, fazendo as sapatas de freio tocarem no aro. Nesse tipo de freio os suportes articulados que seguram as sapatas apresentam uma característica de fácil identificação, ficam mais expostos, se comparados ao V brake, que mantém sua posição mais protegida no garfo ou no quadro.

Se sua bike está equipada com V brake, e seu uso é totalmente urbano, considerando peso e preço, é melhor manter assim, pois com certeza dão conta do recado quando bem regulados. São ótimos freios, tem a tecnologia bem resolvida e já alcançaram a evolução máxima.
Se o seu caso é o fora de estrada, trilhas úmidas, enlameadas ou com muito contato com água, os freios a disco fazem mais sentido, pois o tempo de recuperação após ser molhado é menor, ou seja, o freio se recupera mais rápido e está pronto para ser usado rapidamente.

Se você quer trocar os freios da sua bike por motivo estético, é bom saber:

1)  Freio a disco barato não é hidráulico, é a cabo. Isso te deixar perto do que você já tem, um V brake.
2)  Freio a disco barato não é leve, tem que trocar os cubos das rodas, acrescentar a pinça (parte mecânica que faz brecar) e o rotor (disco de freio).
3)  Freios a disco hidráulicos (não tem cabo, usam óleo, como nas motos e carros), são mais sofisticados e se forem leves terão preço mais salgado.

Veja alguns exemplos de modelos e preços:

Freios V brake Alivio completo R$ 125
Freio a disco mecânico M 375 (a cabo) completo R$ 340
Freio a disco Alivio (hidráulico) R$ 740

Freio V-Brake

Freio V-Brake traseiro

Os exemplos de freio de bicicleta citados compõe kits completos, com manetes, cabos ou conduites, pinças e cubos com blocagens, e os preços médios podem variar. Freios a disco profissionais podem custar entre de R$ 1.500 a R$ 2.000 sem cubos e sem rotores, como por exemplo um Shimano XTR, o mais sofisticado da linha, para MTB.

Se sua idéia é passar despercebido, se usa a bike como meio de transporte, tranca a bike em bicicletários ou passa por locais perigosos, sujeitos a roubo, a escolha do V brake faz mais sentido, mas respeitamos aqueles que curtem bike e querem estar equipados, mesmo que seja para desfilar com a bicicleta nos finais de semana, afinal, amamos nossas magrelas, com qualquer tipo de freio.

Assim como nos automóveis, com freio de bicicleta não se brinca. Faça sempre a manutenção nesse importante sistema da bike para ter certeza de não ter problemas com a sua segurança.

 

 

 

<a href="https://pedaleria.com/autor/educapivara/" target="_self">Edu Capivara</a>

Edu Capivara

Edu Capivara é Delegado Internacional do Biketrial no Brasil desde 1991 e introdutor do esporte em meados da década de 80. É amigo pessoal de Pedro Pi, o inventor do Biketrial e de toda a cúpula da BIU (Biketrial International Union) . Profundo conhecedor do mundo da bike, começou suas aventuras em modalidades como o BMX e o Mountain Bike no início desses esportes no Brasil. Já participou de campeonatos mundiais de biketrial pelo mundo todo, inclusive do primeiro, em 1986 na Europa.

Veja mais

Crescendo no ciclismo com saúde

Crescendo no ciclismo com saúde

Muitos ciclistas querem criar uma rotina de treinos visando participar de competições, mas fazer isso sem orientação acaba levado esse ciclista a outro tipo de rotina, vários dias se recuperando das lesões causadas pelos excessos. Seja um ciclista amador, ocasional,...

Porta objetos para bike

Porta objetos para bike

Existem vários tipos de bolsas para quadro, mas também dá pra fazer modelos personalizados Quando repaginamos a Monark Barra Circular,  eu fiz um porta objetos redondo porque combina com o desenho da bike, agora eu quero propor outros modelos, para quadros...

Repaginamos a Monark Barra Circular

A Barra Circular é uma bike clássica, pau pra toda obra mas que merece um upgrade para virar bike conceito No passado, as bicicletas eram modelos únicos, tinha a masculina e a feminina, e eram usadas para tudo, serviam para o transporte, lazer e competição. Com o...

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cadastre-se em nossa Newsletter