Aluguel de Bicicleta – Parque Ibirapuera

Muitas pessoas preferem o aluguel de bicicleta do que comprar uma. Por isso lançamos este post para ajudá-las a conhecer um pouco mais sobre o assunto e tomar a decisão correta.

Entrevistamos o sr Antônio, figura conhecida alí na área de locação de bikes no Parque do Ibirapuera, próximo ao portão 3. Pra quem não sabe, o portão 3 fica pertinho da passarela que liga o MAC (Museu de Arte Contemporânea) o antigo prédio do DETRAN/SP ao Parque.

aluguel de bicicleta - Parque Ibirapuera

O sr Antonio nos falou que a empresa (terceirizada) que cuida do aluguel de bicicletas possui uma frota de aproximadamente 600 bikes e que essa frota é renovada a cada 3 meses, não completamente é claro, mas as bicicletas mais velhas são substituídas por outras novinhas. Com relação a sazonalidade ou períodos de pico nas locações ele diz que não há meses específicos com maior demanda pelo serviço, porém, por motivos óbvios os finais de semana são bastante agitados.

O preço é de R$5,00 (não são aceitos cartões de débito ou crédito) por hora e o serviço funciona das 7 às 19hs de segunda a domingo.Você precisa levar apenas o documento de identidade e um comprovante de residência atual, no momento da locação você deixará um telefone pra contato também. Ah. Para sair do parque com a bicicleta alugada você precisa de uma autorização da locadora e se você for para a rua com a bike deles, não haverá qualquer tipo de assistência em caso de quebra da bike por exemplo.

aluguel de bicicleta - Parque Ibirapuera

Lá você encontrará bicicletas do tipo mountain bike e triciclos adaptados para deficientes, estes últimos somente com a presença de um acompanhante, é claro. Não espere encontrar bikes mistas ou urbanas, próprias pra rodar na cidade, não existe essa opção por lá, porém as bikes disponíveis possuem um certo conforto necessário pra você pedalar dentro do parque.

aluguel de bicicleta - Parque Ibirapuera

Nos chamou atenção o fato de que é muito comum alguns problemas apontados pelo sr Antonio, como por exemplo.

1 – A maior incidência de manutenção ocorre na parte de transmissão da bike, nos câmbios mais especificamente; principalmente porque as pessoas simplesmente não sabem usar e quando pedalam acabam estragando esses componentes.
2 – Há um desrespeito muito grande por parte dos ciclistas, que não respeitam as regras e uma delas é a de devolver a bike no mesmo ponto onde houve a retirada. Muitas pessoas largam a bicicleta dentro do parque e o pessoal da locadora precisa ficar dando voltas para recuperar as magrelas.
3 – Apesar de haver a possibilidade de locação de capacetes, pouquíssimas pessoas usam o equipamento.
4 – Circulando pelo parque a gente percebe muitos ciclistas usando as bikes alugadas, porém, sem respeitar as recomendações do pessoal da locadora, para usarem apenas a ciclovia interna do parque, para não correr, não empinar a bicicleta.

aluguel de bicicleta - Parque Ibirapuera

Então estas foram a dicas para o ciclista que pretende alugar uma bicicleta no Parque Ibirapuera, é fácil e rápido, porém, alguns cuidados extras devem ser tomados. Afinal, ele estará pedalando uma bicicleta que não é dele. ;)

 

<a href="https://pedaleria.com/autor/educapivara/" target="_self">Edu Capivara</a>

Edu Capivara

Edu Capivara é Delegado Internacional do Biketrial no Brasil desde 1991 e introdutor do esporte em meados da década de 80. É amigo pessoal de Pedro Pi, o inventor do Biketrial e de toda a cúpula da BIU (Biketrial International Union) . Profundo conhecedor do mundo da bike, começou suas aventuras em modalidades como o BMX e o Mountain Bike no início desses esportes no Brasil. Já participou de campeonatos mundiais de biketrial pelo mundo todo, inclusive do primeiro, em 1986 na Europa.

Veja mais

Crescendo no ciclismo com saúde

Crescendo no ciclismo com saúde

Muitos ciclistas querem criar uma rotina de treinos visando participar de competições, mas fazer isso sem orientação acaba levado esse ciclista a outro tipo de rotina, vários dias se recuperando das lesões causadas pelos excessos. Seja um ciclista amador, ocasional,...

Porta objetos para bike

Porta objetos para bike

Existem vários tipos de bolsas para quadro, mas também dá pra fazer modelos personalizados Quando repaginamos a Monark Barra Circular,  eu fiz um porta objetos redondo porque combina com o desenho da bike, agora eu quero propor outros modelos, para quadros...

Repaginamos a Monark Barra Circular

A Barra Circular é uma bike clássica, pau pra toda obra mas que merece um upgrade para virar bike conceito No passado, as bicicletas eram modelos únicos, tinha a masculina e a feminina, e eram usadas para tudo, serviam para o transporte, lazer e competição. Com o...

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cadastre-se em nossa Newsletter