Você é um ciclista grande ou muito pesado?

Como é a bike adequada para ciclistas que estão acima do peso?

Estou falando dos ciclistas acima de 100kg, não apenas os que estão acima do peso, pois um ciclista grande, com 1.90 ou 2 metros de altura também é pesado, e precisa de uma bike valente.
Quando o ciclista é grande, pesado, a bike sente, problemas nos cubos, na raiação, canote entortando, e por aí vai. Mas dá pra melhorar isso tudo escolhendo os componentes e ajustes certos.

QUADRO

O ponto de partida é o quadro, ele deve ser do tamanho certo, isso é muito importante! Esse quadro tem que ser forte e confiável, de preferência construído em alumínio 6061, se for possível, escolha um com tratamento térmico.
Existe também a possibilidade de fazer um quadro de aço ou de Cromo Molibdênio sob medida, recorrendo a um atelie de construção de quadros, também conhecidos como Frame Builder, que além de ficar na sua medida exata, pode ter características especiais e reforços destinados a essa necessidade.

Os quadros com tubos hidroformados são bem fortes, mas você deve observar vários detalhes ao comprar um quadro ou bike pronta:

img-Bike_para_Gordos_Quadro_05

img-Bike_para_Gordos_Aluminio_6061_02

Alumínio 6061 é o mais resistente para quadros, mas se ele for temperado, a legenda é 6061 – T6.

Frente forte
Tubos de maior diâmetro e bem apoiados, as soldadas devem se baixas, soldas muito altas não são profundas, elas devem penetrar no tubo.
Se o quadro for de alumínio, a parte da frente do quadro deve ter os 3 tubos encostados (tubo superior, tubo inferior e tubo frontal), assegurando uma boa amarração para receber o garfo.

Gancheiras
Existem vários tipos, forjadas, injetadas ou usinadas, não são apenas uma fatia de alumínio como vemos em alguns quadros nacionais, elas irão receber muita carga, pancadas e suportar a flexão dos tubos.

Chain Stays
Tubos que vão da gancheira ao central da bike, eles devem ser mais largos, permitindo maior apoio e área de solda.

Seat Stays
Os tubos que ligam as gancheiras ao tubo do canote do selim também devem ser largos, aumentando a área de apoio no Seat Tube, o tubo onde vaio o canote de selim, ponto crítico para trincas pois um canote alto força demais essa área.

Seat Tube
O quadro deve ter um seat tube de grande diâmetro, recebendo canote com tubo mais parrudo, adequados a ciclistas mais pesados.

GARFO OU SUSPENSÃO

Se for bike rígida (sem suspensão), um bom garfo, bem soldado e com tubos de maior diâmetro, medida OVERSIZE, AHEADSET, garfos Standard (com espiga mais fina) não são muito resistentes, assim como os avanços (mesas) Standard com com eixo expander (modelo que vai dentro da espiga) esse deve ser evitado.

Quando a bike tem suspensão, ela deve ter pelo menos ajuste de Preload, e ter pelo menos 140mm de curso. Não adianta ter uma suspensão de curso restrito, que fica batendo no fundo. O ideal é colocar um suspensão hidráulica, assim você poderá colocar mais ar, compensando aquela afundada inicial quando você monta na bike.

RODAS

As rodas sentem e sofrem com o peso, é preciso usar aros parede dupla e pneu resistentes, sejam eles urbanos ou lameiros. Verifique a capacidade de carga e mantenha a calibragem alta, dentro da especificação do fabricante. Essa informação costuma estar descrita na lateral dos pneus.

img-Bike_para_Gordos_Roda_05

Quanto mais os raios se cruzam, mais forte é a roda. Com raios longos e cubos com flanges grandes, dá pra montar uma roda onde os raios se cruzam 4 vezes.

Raiação

Se tiver opção, escolha aros cubos com 36 furos, a maioria é de 32 furos. Observe como é a radiação da roda, quanto mais os raios se cruzam, mais forte ela fica. Para montar uma roda assim escolha cubos de flange grande, e raios mais compridos, que permitem até 4 cruzamentos. Os cubos de flange pequena não permitem tantos cruzamentos, pois os raios teriam que estar muito deitados e extensos.

A amarração de raios é outra forma de reforças as rodas, veja como fazer aqui: https://www.youtube.com/watch?v=eDtkMkwW71U

img-Bike_Para_Gordos_Amarracao_06

Amarração de raios. Utilizando finos fios de cobre e estanho, é possível reforçar as rodas.

COMPONENTES

Canote de grande diâmetro – difícil de entortar (30,9mm ou 31.6mm)

Avanço OVERSIZE AHEADSET com tampa de 4 parafusos.

Guidão com medida 31.8mm – mais resistente. Guidão fino de 1 polegada não aguenta.

Pedais – alumínio, de preferência plataforma, para abrigar pés grandes

Freios bem ajustados (V-brake ou disco)

Selim grande e confortável, é preciso ter maior área de apoio, evitando desconforto já nos primeiros minutos de pedal.

img-Bike_para_Gordos_Guidao_04

img-Bike_para_Gordos_Avanco_03

img-Bike_para_Gordos_Cubos_01

Os cubos com flanges pequenas não permitem montagens onde os raios se cruzam 3 ou 4 vezes, para isso, escolha cubos com flanges grandes.

img-Bike_para_Gordos_Selim_06

O selim é o principal componente de conforto, ele pode ser largo e macio, com camada de gel na forração e até mesmo com molas ou coxins de borracha.

As características descritas acima ajudam ciclistas grandes e pesados, mas se ele está acima do peso, é mais um motivo para pedalar, e a bike deve estar adequada para oferecer desempenho e conforto.

Bom pedal!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

<a href="https://pedaleria.com/autor/educapivara/" target="_self">Edu Capivara</a>

Edu Capivara

Edu Capivara é Delegado Internacional do Biketrial no Brasil desde 1991 e introdutor do esporte em meados da década de 80. É amigo pessoal de Pedro Pi, o inventor do Biketrial e de toda a cúpula da BIU (Biketrial International Union) . Profundo conhecedor do mundo da bike, começou suas aventuras em modalidades como o BMX e o Mountain Bike no início desses esportes no Brasil. Já participou de campeonatos mundiais de biketrial pelo mundo todo, inclusive do primeiro, em 1986 na Europa.

Veja mais

Crescendo no ciclismo com saúde

Crescendo no ciclismo com saúde

Muitos ciclistas querem criar uma rotina de treinos visando participar de competições, mas fazer isso sem orientação acaba levado esse ciclista a outro tipo de rotina, vários dias se recuperando das lesões causadas pelos excessos. Seja um ciclista amador, ocasional,...

Porta objetos para bike

Porta objetos para bike

Existem vários tipos de bolsas para quadro, mas também dá pra fazer modelos personalizados Quando repaginamos a Monark Barra Circular,  eu fiz um porta objetos redondo porque combina com o desenho da bike, agora eu quero propor outros modelos, para quadros...

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cadastre-se em nossa Newsletter