Comprando uma Road Bike

Comprando uma speed usada

As road bikes, também conhecidas como bicicleta de corrida ou speed, são bikes leves e sofisticadas, equipadas com peças de alta tecnologia tendo as mais atuais componentes de fibra de carbono, titânio e câmbios eletrônicos.

Ao comprar uma nova, sua preocupação será escolher a marca, o modelo e o valor, mas para fazer um bom negócio em uma usada, você deve observar vários pontos do quadro e o estado dos componentes para fugir daquele comentário maldoso “Duas alegrias: Uma quando compra e outra quando vende”.

Quadro e garfo

Conhecendo a procedência ou tendo garantia, caso esteja comprando em loja, é mais seguro. Se este não for o caso, inicie a inspeção pelo quadro. Procure marcas que possam indicar algum tombo que possa ter comprometido o alinhamento do quadro e do garfo. Procure sinais de trincas nas junções dos tubos, principalmente na região da caixa de centro e da união do seat tube (tubo do selim) com os seat stays (tubos que ligam as gancheiras da roda traseira ao tubo do selim).

Na frente, procure trincas no tubo inferior, próximo ao garfo. Inspecione cuidadosamente o garfo e a mesa (avanço do guidão), eles podem esconder trincas.

Um ponto muito importante é a gancheira de câmbio, verifique se está alinhada e sem marcas estranhas que podem indicar se já foi re-alinhada algumas vezes. Essa peça pode ser trocada se houver necessidade, verifique se é possível encontra-la no mercado.

Comprando uma speed usada

Comprando uma speed usada

Comprando uma speed usada

Componentes

Todo componente é importante, comece pelos câmbios e alavancas de mudança de marcha. Se as marchas não estão engatando corretamente, pode ser regulagem. Observe se o câmbio traseiro tem alguma marca, algum ralado, isso pode indicar um tombo e quase sempre a força do impacto nessa peça danifica também a gancheira do câmbio.

Comprando uma speed usada

Comprando uma speed usada

Comprando uma speed usada

Pedivela e pedais podem estar gastos mas não podem apresentar folga. Se a relação estiver gasta (corrente, coroas e cassete/catraca), dependendo do grupo, pode sair cara a reposição, use isso a seu favor e peça desconto. O ideal é verificar o desgaste da corrente com a ferramenta adequada, que indica se está na hora da reposição.

Bike nova costuma vir sem pedais, mas se a usada vier com eles, verifique o estado geral, as marcas de desgaste e de acidentes, se não tem folga nas esferas e se os parafusos de ajuste de pressão do encaixe do taco (peça que vai presa à sapatilha) não estão enferrujados ou espanados.

Comprando uma speed usada

Comprando uma speed usada

Rodas

As rodas podem estar um pouco desalinhadas, mas não devem ter amassados (pulo) que fazem as mesmas jogarem para cima e para baixo. Nos aros, verifique se os furos dos niples (porcas enroscadas nos raios) não estão rachados ou estufados, indicando que estes raios podem ter sido apertados além do ponto exato na hora de corrigir algum desalinhamento mais grave.

Pneus em bom estado são bem vindos, mas isso não deve impedir um bom negócio, caso estejam gastos.

Comprando uma speed usada

Selim

Selim com ralados nas laterais pode indicar quedas. Verifique se ele apresenta algum desalinhamento lateral, e olhe o estado dos tubos do suporte que prende a estrutura do selim à mesa do canote.

Guidão

Se a peça for de alumínio, pode entortar em tombos, verifique a simetria das curvas e compare um lado com o outro. A fita que recobre o guidão pode ser trocada por outro modelo ou cor. A troca é recomendável pois a usada pode estar impregnada de suor do antigo dono.

Comprando uma speed usada)

Folgas

Verifique se a road bike não apresenta folgas na caixa de direção, freie a roda dianteira e empurre a bike para frente e para trás, e veja se a rotação do guidão é livre para os dois lados. O movimento central você verifica segurando com as mãos os dois lados do pedivela, forçando ambos para dentro do quadro, eixos de roda são verificados segurando o pneu na parte superior, e balançando lateralmente.

Comprando uma speed usada

Comprando uma speed usada

Aspecto geral

Por fim, dê uma boa olhada geral, se abaixe e verifique por trás da road bike se as rodas estão alinhadas uma com a outra, se a pintura está em bom estado e teste o funcionamento de tudo, freios, marchas e barulhos, assim você não compra gato por lebre.

Comprando uma speed usada

Bicicletas usadas podem ser uma excelente opção para quem quer iniciar no esporte ou melhorar suas expectativas com um modelo mais leve, com grupo mais moderno, procure com atenção e faça um bom negócio.

Boa sorte!

Comprando uma speed usada

 

<a href="https://pedaleria.com/autor/educapivara/" target="_self">Edu Capivara</a>

Edu Capivara

Edu Capivara é Delegado Internacional do Biketrial no Brasil desde 1991 e introdutor do esporte em meados da década de 80. É amigo pessoal de Pedro Pi, o inventor do Biketrial e de toda a cúpula da BIU (Biketrial International Union) . Profundo conhecedor do mundo da bike, começou suas aventuras em modalidades como o BMX e o Mountain Bike no início desses esportes no Brasil. Já participou de campeonatos mundiais de biketrial pelo mundo todo, inclusive do primeiro, em 1986 na Europa.

Veja mais

Crescendo no ciclismo com saúde

Crescendo no ciclismo com saúde

Muitos ciclistas querem criar uma rotina de treinos visando participar de competições, mas fazer isso sem orientação acaba levado esse ciclista a outro tipo de rotina, vários dias se recuperando das lesões causadas pelos excessos. Seja um ciclista amador, ocasional,...

Porta objetos para bike

Porta objetos para bike

Existem vários tipos de bolsas para quadro, mas também dá pra fazer modelos personalizados Quando repaginamos a Monark Barra Circular,  eu fiz um porta objetos redondo porque combina com o desenho da bike, agora eu quero propor outros modelos, para quadros...

Repaginamos a Monark Barra Circular

A Barra Circular é uma bike clássica, pau pra toda obra mas que merece um upgrade para virar bike conceito No passado, as bicicletas eram modelos únicos, tinha a masculina e a feminina, e eram usadas para tudo, serviam para o transporte, lazer e competição. Com o...

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cadastre-se em nossa Newsletter