Manutenção da bomba de ar

Sabe aquela bomba de encher pneus que você comprou a muito tempo, e atualmente só reclama que ela é fraca e não enche nada? É porque ela precisa de manutenção!

As bombas de ar são tão antigas quanto as bicicletas, e por muitos anos eram apenas um tubo de ferro ou de alumínio onde internamente corria uma haste com uma vedação de couro lubrificado, com a finalidade de comprimir o ar, forçando-o a passar por uma peça que a conecte à válvula das câmaras de ar das bikes.

Hoje em dia, a grande maioria das bombas é feita de plástico ou alguma mistura do gênero (PP, PS, ABS, etc), e partes de metal. O sistema de vedação atual é o O’ring, uma espécie de anel de borracha resistente e que desempenha seu papel por anos e anos, mas ele não é eterno!

As bombas portáteis ou grandes podem durar ainda mais se você fizer a manutenção periódica ou até a troca dos anéis ou vedadores.

Manutenção na bomba de encher pneus - Componentes da bomba Manutenção na bomba de encher pneus - Desmontando a bomba

Primeiro passo – Desmontagem

Sua bomba deve ter algum dispositivo para acessar o interior, normalmente um tampa rosqueável. Abra essa tampa e retire a haste (parte que bombeia) para verificar o vedador.

Com um pano embebido em álcool limpe o vedador retirando-o do rebaixo.

Observação: manuseie o O’ring com cuidado para não riscar nem arrebentar.

Manutenção na bomba de encher pneus - Desmontando

Manutenção na bomba de encher pneus - Retirando o O ring

Manutenção na bomba de encher pneus - Limpando o êmbolo

Segundo passo – limpeza do tubo da bomba

Se sua bomba é portátil, molhe o pano com álcool ou spray anti-ferrugem à base de óleos minerais e solventes alifáticos, que tem propriedades desengraxantes. Enrole o pano e vá empurrando para dentro do tubo, como se estivesse enroscando uma peça. Repita a operação até que não haja mais sujeira.

Se a bomba for grande, enrole o pano em uma vara ou outro objeto para alcançar o fundo do tubo.

Observação: Não utilize querosene, solvente, água rás ou gasolina, pois estes elementos podem atacar borrachas e danificar o revestimento protetor.

Manutenção na bomba de encher pneus - Limpando o tubo da bomba

Manutenção na bomba de encher pneus - Limpando o tubo da bomba grande

Terceiro passo – verifique o bico de encaixe

Outro ponto que merece atenção é o bico de encaixe da bomba na válvula da câmara de ar. Na maioria das bombas esse bico é reversível, isto é, pode atender as câmaras com válvula Presta ou Schrader (bico fino e bico grosso). Esse sistema intercambiável permite que você encha qualquer tipo de câmara, mudando a ordem dos componentes dentro do acoplador, ou girando a peça após encaixa-la no bico.

Limpe os componentes de adaptação de bicos com água, utilizando um pano úmido. Mantenha essas peças limpas e secas com manutenções periódicas.

Quarto passo – lubrificação e montagem

Agora com tudo limpo, coloque um pouco de graxa fina no encaixe do O’ring para facilitar sua montagem. Coloque graxa ao redor do O’ring e uma camada extra no tubo, que será levada pelo O’ring ao recolocar a haste. Não exagere na aplicação da graxa no interior do tubo para evitar que ela vá para dentro da câmara de ar logo no primeiro uso.

Manutenção na bomba de encher pneus - Engraxando o ORing

Manutenção na bomba de encher pneus - Engraxando o tubo

Lubrifique levemente a haste da bomba, que também recebe atrito nas bombadas. Se sua bomba portátil fica exposta em um suporte na bike, a manutenção da haste deve ser feita sempre que ela for exposta a água ou poeira.

Manutenção na bomba de encher pneus - Engraxando a haste

Pronto, você já renovou a vida da sua bomba, porque bomba que não bomba, é uma bomba, não é mesmo?

Bom pedal.

<a href="https://pedaleria.com/autor/educapivara/" target="_self">Edu Capivara</a>

Edu Capivara

Edu Capivara é Delegado Internacional do Biketrial no Brasil desde 1991 e introdutor do esporte em meados da década de 80. É amigo pessoal de Pedro Pi, o inventor do Biketrial e de toda a cúpula da BIU (Biketrial International Union) . Profundo conhecedor do mundo da bike, começou suas aventuras em modalidades como o BMX e o Mountain Bike no início desses esportes no Brasil. Já participou de campeonatos mundiais de biketrial pelo mundo todo, inclusive do primeiro, em 1986 na Europa.

Veja mais

Crescendo no ciclismo com saúde

Crescendo no ciclismo com saúde

Muitos ciclistas querem criar uma rotina de treinos visando participar de competições, mas fazer isso sem orientação acaba levado esse ciclista a outro tipo de rotina, vários dias se recuperando das lesões causadas pelos excessos. Seja um ciclista amador, ocasional,...

Porta objetos para bike

Porta objetos para bike

Existem vários tipos de bolsas para quadro, mas também dá pra fazer modelos personalizados Quando repaginamos a Monark Barra Circular,  eu fiz um porta objetos redondo porque combina com o desenho da bike, agora eu quero propor outros modelos, para quadros...

Repaginamos a Monark Barra Circular

A Barra Circular é uma bike clássica, pau pra toda obra mas que merece um upgrade para virar bike conceito No passado, as bicicletas eram modelos únicos, tinha a masculina e a feminina, e eram usadas para tudo, serviam para o transporte, lazer e competição. Com o...

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cadastre-se em nossa Newsletter