Manutenção no Freehub em casa

Tirar o Freehub do cubo é uma coisa, desmontar é outra! 

Os Freehubs também conhecidos como “cubo livre” não são muito diferentes das catracas, por dentro eles possuem um cinturão dentado e uma torre com 2 ou mais “macaquinhos”, também conhecidos como martelinhos ou paws, responsáveis por travar e tracionar a roda quando pedalamos para frente.

O Freehub é a peça que recebe o cassette, conjunto de engrenagens onde acontecem as trocas de marchas, e no MTB, existem cassettes de 7 a 11 velocidades.

img_Desmontando_Freehub_Cassette

Cassette: Grupo de engrenagens ocas, responsáveis pelas trocas de marchas na roda traseira da bike.

img_Desmontando_Freehub_Partes-02

Ao retirar o corpo do Freehub é possível visualizar todo o seu mecanismo.

Para retirar o cassetete do cubo é necessário antes retirar o eixo de roda, e na maioria das vezes utilizar uma chave allen 10 ou 12mm, dependendo da marca e modelo do cubo.
Para desmontar o Freehub é melhor não sacar ele do cubo, pois usar a roda como alavanca é mais fácil do que girar a ferramenta, mas para isso você vai precisar de uma morsa de bancada.

Após retirar o eixo, o guarda pó e as esferas, será necessário usar a ferramenta certa (extrator de dois dentes). Dá pra fazer esta manutenção em casa, mas considerando que pouca gente tem esse extrator sugerimos fazer a ferramenta, que é bem simples. Com um pedaço de ferro (barra usada para fazer portões), você consegue criar seu extrator de pista de Freehub, eu peguei o pedaço de ferro em uma serralheria aqui no bairro, veja as medidas de corte abaixo:

img_Desmontando_Freehub_Ferramentas

A esquerda, desenho da ferramenta para soltar a sede de esferas e abrir o Freehub, e a direita, a chave de dois pinos usada para este trabalho.

img_Desmontando_Freehub_Sacando_Guardapo_01

Retirar o guarda-pó do Freehub com chave de fenda sem danificar a peça é possível, principalmente quando a chave não se apoia no gurarda-pó

img_Desmontando_Freehub_Sacando_Guardapo_02

Esta é a ferramenta ideal para retirar o guarda pó do cubo ou do Freehub, ela puxa a tampa por igual.

img_Desmontando_Freehub_Sede

A “sede” das esferas do cubo é a tampa que dá acesso ao interior do Freehub.

Se o seu Freehub está fazendo barulho estranho, travando ou está duro para girar, ele pode estar sem lubrificação ou entrou sujeira após uma trilha enlameada ou lavagem da bike com máquina de alta pressão, e nesse caso, só abrindo mesmo, pois você terá que limpar todas as partes e colocar nova graxa.

A lubrificação dele é feita com graxa branca fina ou graxa verde nas esferas, com quantidade suficiente para elas grudarem durante a montagem. Atrás dos macaquinhos (paws), coloque pouca graxa. Nunca coloque graxa no cinturão dentado no corpo do Freehub, isso pode atrapalhar o funcionamento das travas.

img_Desmontando_Freehub_Graxa_Paws

Nos macaquinhos (paws), pouca graxa, só atrás, entre eles e o corpo do castelo, evitando que o giro do Freehub seja lento.

Concluindo a ferramenta, prenda-a na morsa e encaixe o Freehub nela. A parte central comprida fica dentro do furo da pista que iremos desrosquear, e atenção, essa rosca é esquerda (anti-horária), então para soltar, faremos o movimento de “apertar” um parafuso normal.

Quando retiramos essa pista, temos a visão das esferas e dos macaquinhos ainda encaixados no cinturão dentado, cuidado para não perder nada, incluindo as finas arruelas de assentamento da pista na torre.
Lave todas as peças com desengraxante ou gasolina, observando se tem alguma esfera gasta ou quebrada. Algumas casas que vendem rolamentos também vendem esferas, leve algumas como amostra. Se precisar tirar os macaquinhos da torre, remova o anel de aço que passa por cima deles, usando uma chave de fenda fina.

img_Desmontando_Freehub_Partes-01

A “sede” das esferas do cubo, peça que dá acesso ao interior do Freehub tem rosca anti-horária!

Seque tudo e inicie a montagem passando a graxa nas áreas das esferas inferiores, coloque todas elas e encaixe o corpo do Freehub. Com ele no lugar, distribua as esferas superiores, ajeitando-as com uma chave de fenda ou palito. Coloque as arruelas e a seguir a pista das grandes esferas do eixo, apertando com a chefe que você fez.

Agora é só montar as esferas do cubo, colocar o eixo de volta e fazer o ajuste de aperto sem deixar folga!

Se você não tem as ferramentas básicas como chaves dos cônicos e porcas externas do cubo, extrator de cassette, morsa e habilidade para fazer a ferramenta a partir de um pedaço de ferro, confie sua bike a uma oficina especializada!

Bom pedal!

 

<a href="https://pedaleria.com/autor/educapivara/" target="_self">Edu Capivara</a>

Edu Capivara

Edu Capivara é Delegado Internacional do Biketrial no Brasil desde 1991 e introdutor do esporte em meados da década de 80. É amigo pessoal de Pedro Pi, o inventor do Biketrial e de toda a cúpula da BIU (Biketrial International Union) . Profundo conhecedor do mundo da bike, começou suas aventuras em modalidades como o BMX e o Mountain Bike no início desses esportes no Brasil. Já participou de campeonatos mundiais de biketrial pelo mundo todo, inclusive do primeiro, em 1986 na Europa.

Veja mais

Lubrificação das alavancas Rapidfire

Lubrificação das alavancas Rapidfire

Hoje as alavancas Rapidfire utilizam mecanismos simples, e a manutenção é fácil de fazer. A alavanca de mudanças Rapidfire surgiu em 1990, substituindo o thumbshifter, uma alavanca que fica em cima do guidão, e obriga o ciclista a soltar a manopla pra fazer as...

Carretinha para aumentar a capacidade de carga da bike

Carretinha para aumentar a capacidade de carga da bike

Como fazer uma carretinha para rebocar com a bicicleta? Por mais que a gente queira usar a bike como meio de transporte, como usamos um carro, temos que respeitar as limitações que ela tem, levar certa quantidade carga é uma delas, e não tem nada de mal nisso, a bike...

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cadastre-se em nossa Newsletter