Suportes para caramanhola

O suporte de caramanhola ou squeeze, é o acessório para carregar a garrafa d’água na bicicleta. Existem centenas de modelos de garrafas e de suportes, fabricados em diversos materiais, alumínio, plástico e fibra de carbono (no caso dos suportes), plástico, acrílico e alumínio (no caso das garrafas), sendo algumas térmicas.

Caramanhola ou squeeze

É fácil encontrar no mercado grande número de caramanholas e suportes com materiais, cores e preços diferentes.

Para quadros com desenho “diamante” (quadros normais), os fabricantes disponibilizam dois suportes de caramanhola, um no tubo de baixo do quadro (down tube), e outro no tubo do canote de selim (seat tube). Por motivos técnicos, as vezes este último não permite a instalação convencional do suporte, pois o quadro não tem os orifícios com rosca para esse fim, sendo os canotes longos os responsáveis pela ausência na maioria das vezes.

O suporte tem lado?

Sim, suportes especiais tem lado. De acordo com o modelo, e principalmente para suportes voltados a competição que facilitam a retirada e devolução da garrafa a abertura é lateral, e para ajudar canhotos e destros, existem os dois modelos.

Garrafinhas no suporte. Eles tem lado certo.

Para facilitar a colocação e retirada da garrafa, os suportes de competição com abertura lateral são encontrados nos modelos do lado esquerdo e direito.

Retirando a caramanhola do suporte pela lateral

A abertura lateral dá mais agilidade ao ciclista na retirada e devolução da caramanhola no suporte.

As caramanholas são encontradas em tamanhos diferentes, sendo as mais comuns para 500 e 750 ml. Com diferentes tamanhos de tampas e de bicos para tomar a água, elas se diferenciam muito, os modelos simples são encontrados por 15 ou 20 Reais, e os mais sofisticados por mais de 100 Reais, fabricadas em materiais com ação antibactericida, bicos com fechamento automático, compartimento central para gelo, bolsas térmicas internas com gel, decoração externa criada por artistas, tampas acionadas por botões, e por aí vai.

Para evitar dificuldades na hora de colocar e retirar as garrafas dos suportes na bike em movimento, coloque a garrafa maior no down tube e a menor no seat tube, assim elas entram e saem mais rápido do suporte, além do fato de que a garrafa grande fica muito próxima do tubo superior do quadro.

Dois suportes

Para ter mais agilidade na hora de usar, coloque a garrafa pequena (500ml) no tubo do selim, e a grande (750ml) no tubo inferior do quadro.

Tampas

Alguns modelos possuem tampa envolvente para manter limpo o bico de alimentação, e para abrir usando apenas uma mão, o botão ajuda muito.

Garrafinha térmica

A caramanhola térmica é grande e fica melhor acondicionada no suporte do tubo inferior do quadro.

Mais garrafas

Provas de ciclismo mais longas como mountain bike e triathlon, necessitam maior capacidade de hidratação para os atletas e suportes extras podem ser adicionados no quadro, guidão ou canote de selim com diferentes fixações. Nas bike de triathlon, muitas vezes a caramanhola está no guidão, entre as barras do Clip (parte alongada central), e é fabricada em formato especial, diferente das normais cilíndricas como conhecemos, mas a maioria dos atletas também as levam atrás do selim, em suporte para duas garrafas.

Para quadros que não possuem suporte para a segunda garrafa, existem vários adaptadores que poder usados não só no seat tube mas também no guidão ou canote, são em formato de braçadeira ou em suportes plásticos articulados, permitindo alternar entre posição horizontal e vertical.

O suporte adaptador é uma boa opção quando o quadro não tem dois suportes, e pode ser instalado também no guidão e canote de selim (Imagem ilustrativa)).

O suporte adaptador é uma boa opção quando o quadro não tem dois suportes, e pode ser instalado também no guidão e canote de selim (Imagem ilustrativa)).

img-Suportes_e_Caramanholas-Canote

O suporte extra em formato de braçadeira fechada só pode ser instalado no canote de selim.

Se o quadro é antigo ou em formato diferente e não tem nenhum tipo de suporte, você pode colocar um dos modelos citados acima, mas ainda pode colocar o suporte no lugar certo (no down tube), utilizando suporte com kit de cintas de nylon, diferentes do Zip Tie (enforca gato), elas são instaladas com parafusos que esticam as cintas e deixam o suporte bem apertado no quadro, evitando que rode.

Para quem tem coragem de furar o quadro, existe uma ferramenta parecida com o rebitador Pop, conhecida como Roscafix, ela instala uma bucha rosqueada M5, que sofre o mesmo tipo de esmagamento do rebite Pop deixando a peça presa no interior do tubo e produzindo efeito similar ao original, mas sem solda.

img-Rebite_Roscafix

Os rebites com rosca M5 colocados nos quadros no processo de fabricação, também podem ser colocados em quadros prontos, basta ter o rebitador certo.

Aimportância da hidratação na prática de exercício físico é fato conhecido, ajuda no desempenho e o organismo funciona corretamente, portanto, não saia de bike sem a sua caramanhola ou mochila de hidratação abastecidas. Ah, e lembre-se de mante-las sempre higienizadas, como mostramos nesta outra matéria.

Bom pedal!

Agradecimentos:
Calypso e Biketoor.

 

<a href="https://pedaleria.com/autor/educapivara/" target="_self">Edu Capivara</a>

Edu Capivara

Edu Capivara é Delegado Internacional do Biketrial no Brasil desde 1991 e introdutor do esporte em meados da década de 80. É amigo pessoal de Pedro Pi, o inventor do Biketrial e de toda a cúpula da BIU (Biketrial International Union) . Profundo conhecedor do mundo da bike, começou suas aventuras em modalidades como o BMX e o Mountain Bike no início desses esportes no Brasil. Já participou de campeonatos mundiais de biketrial pelo mundo todo, inclusive do primeiro, em 1986 na Europa.

Veja mais

Crescendo no ciclismo com saúde

Crescendo no ciclismo com saúde

Muitos ciclistas querem criar uma rotina de treinos visando participar de competições, mas fazer isso sem orientação acaba levado esse ciclista a outro tipo de rotina, vários dias se recuperando das lesões causadas pelos excessos. Seja um ciclista amador, ocasional,...

Porta objetos para bike

Porta objetos para bike

Existem vários tipos de bolsas para quadro, mas também dá pra fazer modelos personalizados Quando repaginamos a Monark Barra Circular,  eu fiz um porta objetos redondo porque combina com o desenho da bike, agora eu quero propor outros modelos, para quadros...

Repaginamos a Monark Barra Circular

A Barra Circular é uma bike clássica, pau pra toda obra mas que merece um upgrade para virar bike conceito No passado, as bicicletas eram modelos únicos, tinha a masculina e a feminina, e eram usadas para tudo, serviam para o transporte, lazer e competição. Com o...

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cadastre-se em nossa Newsletter