Entenda as relações de marchas

Transmissão com uma ou duas coroas dá pedal?

Se você pretende eliminar uma ou duas coroas de sua bike, instalar um Super Cog ou simplesmente fazer novas combinações na relação da sua bike, avalie suas expectativas, os benefícios e perdas, e o impacto dessa mudança na sua performance. Após ler esta matéria, se você decidir fazer a modificação na sua bike, compre os super cogs e coroas narrow wide na Pedaleria com preços promocionais.

img-Orbea_Preta

Relação com apenas uma coroa são mais freqüentes em modelos para XC e All-Mountain aro 27,5 e 29″.

Para atletas profissionais uma necessidade, para aficionados e entusiastas do MTB, pura diversão. Seja qual for o seu caso, as coroas Narrow Wide com sistema alternado de dentes finos e largos combinadas aos Super Cogs, grandes engrenagens no Cassete, são uma realidade tão presente que muitas bikes estão vindo com estes equipamentos de fábrica. Para que fique claro, essa mudança não deixa a bike mais reduzida, apenas adequa as combinações entre engrenagens, possibilitando que ciclistas removam 1 ou 2 coroas e ainda consigam enfrentar subidões sem ter que empurrar a bike. O uso de apenas uma coroa no pedivela alivia cerca de meio quilo entre coroas, parafusos, alavanca de mudanças conduite e cabo e o câmbio dianteiro. Veja como deixamos uma bike 2Kg mais leve neste post. Ao retirar as coroas grande e pequena, você pode optar em manter o mesmo número de dentes da coroa intermediária ou customizar a relação, escolhendo coroas maiores ou menores, de acordo com suas pernas, ou tipo de terreno a enfrentar. Para circuitos curtos ou técnicos em provas ou treinos, você pode optar por relações mais reduzidas, típicas de circuitos travados e cheios de obstáculos, já para enfrentar o estradão, opte por relações mais longas, aumentando o número de dentes na sua coroa única. A instalação do Super Cog 42 dentes supre a falta da coroa pequena no pedivela, mas para quem mantém as coroas intermediária e pequena, o melhor é o Cog 40 dentes, que trabalha bem com as duas.

img-Coroa_Narrow

Anodizadas em diversas cores, as coroas Narrow Wide já são fabricadas no Brasil e estão a venda aqui na Pedaleria.

img-Sran_Orbea

Várias montadoras utilizam relações com apenas uma coroa em suas MTB XC.

As coroas Narrow Wide não são exatamente uma novidade, lançadas em 1978 nos Estados Unidos, caíram em esquecimento por longo período, mas foram revitalizadas recentemente pela marca de componentes Sram como um novo conceito de transmissão para bikes de Cross Contry (XC) e de All Mountain (bikes Full Suspension para exploração e atividades fora-de-estrada). O conceito Narrow Wide é simples, ocupar totalmente os espaços de encaixe dos dentes da coroa na corrente, eliminando folgas, criando um alinhamento mais uniforme e minimizando quedas de corrente sobretudo quando pedalamos em pisos muito irregulares.

img-Close_Dentes

Narrow Wide. Dentes finos e largos ocupam todo o espaço da corrente, e são 25% mais altos.

img-Corrente_Nao_Entra

Os vãos da corrente e os dentes da coroa só encaixam se a posição for a correta, dente grosso e dente fino.

img-Corrente_Entra

Na posição correta, corrente e coroa trabalham em perfeita harmonia.

Olhando as correntes, notamos que a distribuição de espaços entre os elos é diferente, com espaços maiores e menores alternados, que é mais sujeito a folgas quando utilizado em coroas normais. Essa folga é necessária para que as mudanças de marcha entre coroas ocorram com certa facilidade e com ajuda dos rebaixos e pinos que capturam a corrente durante as mudanças. Outra característica das coroas Narrow Wide é a altura dos dentes, que são em média 25% mais altos que nas coroas de mudança de marcha, sendo raros os casos de desengates e quedas de corrente.

img-Coroa_Pendurada

Para evitar queda de corrente em pisos irregulares, as coroas Narrow Wide trabalham com folgas muito pequenas.

O primeiro passo para quem está pensando em apimentar a relação (da bike), é conhecer as limitações dos pedivelas e seu BCD (Bolt Circle Diameter), a distância de centro a centro dos furos de fixação da coroa no pedivela. Estas medidas podem variar muito de pedivela para pedivela, com tantos modelos, marcas e ano de fabricação, alguns modelos podem ficar sem coroa Narrow Wide, sendo possível encontrar apenas as coroas originais para reposição.

img-BCD

Encontre aqui o BCD da sua coroa.

img-Coroa_Normal_e_Narrow

Dentes mais altos e em duas espessuras, garantia de tração contínua em qualquer situação.

Entendendo a relação

As relações de marchas das MTB são as combinações entre coroas e Cogs do Cassete, e elas podem reduzir ou multiplicar a força aplicada no pedivela. Usando como exemplo uma relação 44 dentes na coroa e 11 dentes no cubo, cada volta na coroa dá 4 voltas na roda, ou seja, é multiplicada. Se na MTB você usar a coroa de 20 dentes com o maior Cog original da roda, o de 36 dentes, cada volta na coroa irá girar 0,55 de volta na roda, pouco mais de meia volta na roda, ou seja, essa é uma redução.

IMG-Desenho_Reducao_Multiplicacao

Para descobrir a redução ou multiplicação das relações, divida o número de dentes da coroa pelo número de dentes do Cog.

IMG-Tabela_de_Relacoes Considerando a remoção da coroa pequena, ou a remoção de todo o sistema de câmbio dianteiro, deixando apenas uma coroa, simulamos alguns resultados de redução de marcha, umas mais reduzidas que outras, mas todas passíveis de enfrentar com subidas fortes. Quem usar coroas maiores como as de 36 e 38 dentes, terão mais desempenho em retas e descidas, mas irão perder uma pequena parte de redução de marcha  comparado com as coroas 32 e 34 dentes que são mais reduzidas e enfrentam subidas com menos esforço. Somente no exemplo 4 houve aumento de redução, ou seja, ficou mais leve, e para os outros exemplos houve pequena perda de redução, mas nada preocupante, já que para muitos é impossível andar na primeira marcha (menor coroa e maior Cog), pois é leve demais. img-32x42 img_34x42 img_36x42 img_22x40

Existem vários propósitos para utilização de coroa única no pedivela, redução de peso, menos preocupação com mudanças de marchas dianteiras e traseiras, aumento do vão livre para atacar barrancos e obstáculos como troncos, a rodas grandes permitem relações mais compactas, mas há também o aspecto visual mais limpo e agradável. Veja o post da instalação do Super Cog. Seja qual for o seu tipo de pedalada, faça a conversão e descubra se você vai ou não fazer essa modificação na bike. A Pedaleria possui tanto os super COGs quanto as coroas Narrow Wide da Nottable a venda nos links abaixo:

Bom Pedal!

<a href="https://pedaleria.com/autor/educapivara/" target="_self">Edu Capivara</a>

Edu Capivara

Edu Capivara é Delegado Internacional do Biketrial no Brasil desde 1991 e introdutor do esporte em meados da década de 80. É amigo pessoal de Pedro Pi, o inventor do Biketrial e de toda a cúpula da BIU (Biketrial International Union) . Profundo conhecedor do mundo da bike, começou suas aventuras em modalidades como o BMX e o Mountain Bike no início desses esportes no Brasil. Já participou de campeonatos mundiais de biketrial pelo mundo todo, inclusive do primeiro, em 1986 na Europa.

Veja mais

Crescendo no ciclismo com saúde

Crescendo no ciclismo com saúde

Muitos ciclistas querem criar uma rotina de treinos visando participar de competições, mas fazer isso sem orientação acaba levado esse ciclista a outro tipo de rotina, vários dias se recuperando das lesões causadas pelos excessos. Seja um ciclista amador, ocasional,...

Porta objetos para bike

Porta objetos para bike

Existem vários tipos de bolsas para quadro, mas também dá pra fazer modelos personalizados Quando repaginamos a Monark Barra Circular,  eu fiz um porta objetos redondo porque combina com o desenho da bike, agora eu quero propor outros modelos, para quadros...

Repaginamos a Monark Barra Circular

A Barra Circular é uma bike clássica, pau pra toda obra mas que merece um upgrade para virar bike conceito No passado, as bicicletas eram modelos únicos, tinha a masculina e a feminina, e eram usadas para tudo, serviam para o transporte, lazer e competição. Com o...

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cadastre-se em nossa Newsletter